Loja Oscar Freire

Loja Rappi

Lojas parceiras

Desinblog

Desinchef

E-books

Cursos

Quem somos

Trabalhe Conosco

4 dicas para identificar um alimento orgânico

Alimento orgânico é aquele cultivado sem a exposição de pesticidas, adubos químicos ou substâncias sintéticas. Saudáveis, saborosos e sustentáveis, esses alimentos fazem parte da rotina de algumas pessoas. E esse consumo vem aumentando, felizmente! 

Mas como saber se aquela fruta ou vegetal é, de fato, um alimento orgânico? Separamos algumas dicas para você identificá-lo.

alimento orgânico 

Como identificar um alimento orgânico

Antes de mais nada, veja se o alimento orgânico possui um selo de certificação.

A forma mais certeira para identificar um alimento orgânico é verificar se ele possui um selo de certificação. O selo é dado pelo Sistema Brasileiro de Avaliação da Conformidade Orgânica (SisOrg), órgão responsável por credenciar e fiscalizar produtos de origem orgânica. 

O SisOrg concede o selo após realizar um rigoroso processo de auditoria que avalia o valor orgânico dos alimentos. Isso envolve o uso responsável dos recursos naturais (solo, água, ar etc.) e o respeito às relações sociais e culturais.   

Simone Rocha, nutricionista Simone Rocha, presidente da Associação de Nutrição do Distrito Federal, explica: 

“O agricultor orgânico passou por uma análise. Verificaram o solo (que precisa de um descanso, por exemplo), as mudas que ele utiliza, o processo de adubação (a preferência é pela compostagem). São diversos parâmetros que vão indicar se o produto é orgânico, ou seja, produzido de maneira natural”.   

 

Tenha um revendedor de confiança 

Na ausência do selo de certificação, o consumidor pode ficar inseguro. E, de fato, nem todo alimento orgânico possui o selo. É comum que encontremos os orgânicos com selo no supermercado. Mas e na rua? 

Alguns produtores, por exemplo, ainda estão no processo para obter a certificação. Então, para quem prefere ir à feira, a melhor pedida é ter um revendedor de confiança. Converse com os feirantes para saber a origem dos alimentos. Em geral, eles avisam se estão vendendo alimento orgânico ou se estão em processo de certificação. 

Uma boa opção para ter revendedores de confiança é procurar as feiras específicas de alimento orgânico. Elas estão espalhadas pelo Brasil e já fazem o trabalho de “garimpar” para você quem são os feirantes do ramo. 

Não ligue para o tamanho 

Certamente você já foi à feira e se deparou com duas barracas de frutas, uma ao lado da outra. Enquanto uma tinha maçãs vistosas e gigantes, a outra tinha maçãs pequeninas. Seu colega disse que a pequenina deve ser um alimento orgânico, e a outra não. Mas, na verdade, esse não é um bom indicativo para identificar esses alimentos. 

É comum vermos frutas e hortaliças orgânicas tão grandes quanto àquelas cultivadas com uso de agrotóxicos e outros químicos. Então, nada de utilizar o quesito tamanho para identificar o alimento orgânico. Lembre que, neste caso, “tamanho não é documento”. 

Acredite na ciência 

O alimento não possui selo, você está inseguro quanto ao revendedor, e tamanho não é algo aplicável a ele. É o caso do leite orgânico. Identificá-lo é um tarefa quase impossível, porque só resta a ciência para comprovar sua característica. 

Assim apontou um estudo divulgado pelo Journal of Agriculture and Chemistry Food. O leite leite orgânico possui isótopos em sua fórmula. Porém, só cientistas puderam comparar a versão com e sem agrotóxicos.  

Em alguns casos, é mais complicado provar se o alimento é orgânico mesmo. 

Alimento orgânico é bom mesmo? 

É ótimo. Ele possui um sabor mais fresco e intenso, especialmente quando falamos de frutas e verduras. É possível comer cascas, sementes e talos, partes que contêm muitas em fibras alimentares, vitaminas e minerais. E a ausência de pesticidas faz muito bem para a saúde, como explicamos em outro post do blog sobre agrotóxicos

 

Agora que você já sabe identificar um alimento orgânico, pode fazer a lista de supermercado! Aos poucos, você verá como seu corpo se sentirá melhor ao inseri-lo na rotina.  

Como somos apressados legais, adiantamos para você a importância de se alimentar com comida de verdade

Desinchá sabores

Comente aqui

avatar