7 benefícios do Mate Verde

7 benefícios do Mate Verde

Este é o primeiro post de uma série que vai te apresentar todos os ingredientes que compõem o nosso querido Desinchá. Pra começar, vamos trazer os 7 benefícios do Mate Verde.


Famoso por ser a erva do chimarrão, o mate é tradicional da cultura gaúcha, desde quando era preciso passar o dia cavalgando pelo mato, sob o sol. Seja torrado ou verde, ele ainda é amplamente consumido no Rio Grande do Sul, em rodas coletivas ou sozinho, em especial antes do almoço.

Esse hábito foi herdado dos índios guaranis e caingangues, os primeiros que se tem notícia a consumirem o mate como bebida comunitária e medicinal. Algumas tribos até rezavam para o “Deus Mate”!

Não é de espantar que essa erva tem uma série de benefícios, que a ciência está apenas começando a explorar.

#1 - Combate o envelhecimento precoce

A erva mate tem uma quantidade turbo blaster de antioxidantes, principalmente os ácidos fenólicos, que conseguem ser ainda mais potentes que a catequina do chá verde para evitar a oxidação celular.

I'm beaultiful.gif

Um pesquisador da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), que estuda os efeitos do mate, chegou a relatar a um efeito inédito. Segundo ele, o mate estimula as células a produzirem suas próprias substâncias antioxidantes!

#2 - Combate doenças degenerativas

Estudos indicam que o mate verde contém uma série de componentes anti-câncer - como o ácido clorogênico, saponinas, ácido ursólico, rutina, taninos e clorofila.

Numa pesquisa onde aplicaram extrato de mate sobre células de câncer de cólon no microscópio, as células cancerígenas se autodestruíram.

Só que é preciso tomar cuidado para não consumir a bebida quente demais, já que o calor excessivo está relacionado ao desenvolvimento de cânceres no sistema digestivo! Para o chá perfeito, tire a água do fogo pouco antes de ferver (ou, se ferver, deixe esfriar um pouco).

Voltando ao combate das doenças degenerativas... Outro estudo avaliou o efeito do mate sobre Mal de Parkinson. Analisando camundongos induzidos à doença, depois de receberem doses da erva, eles apresentaram melhoras cognitivas e alguns retomaram o controle sobre os próprios movimentos. Os resultados são preliminares, mas otimistas.


#3 - Ajuda na perda de peso

indícios de que a erva mate aumenta a sensação de saciedade e eleva a taxa de metabolismo basal (quantas calorias conseguimos gastar enquanto estamos em repouso).

Ela também melhora o processamento dos açúcares pelo corpo e facilita a queima de gordura.

Esse estudo mostra que homens e mulheres que tomaram cápsulas de 1g de mate queimaram, em média, 24% mais gordura do que o grupo controle durante atividades físicas moderadas.

Uaaauu

A ação sobre os lipídios tem outros ganhos extras - como evitar o acúmulo de gordura nas artérias, melhorando a circulação e prevenindo problemas cardíacos. :)

#4 - Ação diurética

O mate também ajuda o corpo a liberar toxinas, pela ação diurética. Isso diminui o inchaço, e não é por menos que o mate verde é um dos ingredientes do Desinchá.

A erva ainda é um auxiliar no tratamento de infecções urinárias, e pedras nos rins e na bexiga.

#5 - Estimulante

Lembra quando comentamos dos gaúchos tomando mate enquanto trabalham no mato? Pois um dos principais benefícios aqui é dar energia para aguentar o trabalho pesado.

Durante séculos, a erva tem sido usada para combater fadiga crônica e aguda. Até atletas usam mate como potencializador de performance!

Run

O segredo disso tudo é que, além da cafeína, a erva mate tem outros dois alcalóides importantes: a teobromina e a teofilina, que trazem energia e clareza mental.

#6 - Diminui o colesterol

As saponinas têm efeito na redução do colesterol ruim (LDL) e aumento do bom (HDL). Esse estudo com 30 pacientes chegou a resultados que se comparam aos dos medicamentos tradicionais.

#7 - Previne infecções no trato digestivo

A erva mate pode ter um efeito benéfico ao prevenir infecções por parasitas e bactérias.

Ela combate a bactéria E. coli, principal causa de diarreias e infecções intestinais. E também ataca os parasitas, melhorando a saúde da flora intestinal.

_

Sabe o que é o melhor disso tudo?

Se você toma Desinchá como parte da sua rotina, está se beneficiando de todo o poder do mate verde. :)

Referências:

  1. MEURER, Kíria. (2012, Fevereiro 24). Erva-mate combate colesterol ruim, diabetes e até emagrece. Disponível em: http://g1.globo.com/globo-reporter/noticia/2012/02/erva-mate-combate-colesterol-ruim-diabetes-e-ate-emagrece.html

  2. HECK, C.I.; DE MEIJA, E.G. (2007, Outubro 26). Yerba Mate Tea (Ilex paraguariensis): A Comprehensive Review on Chemistry, Health Implications, and Technological Considerations. Disponível em: https://onlinelibrary.wiley.com/doi/full/10.1111/j.1750-3841.2007.00535.x

  3. PUANGPRAPHANT, S1; BERHOW, MA; VERMILLION, K; POTTS, G; GONZALEZ DE MEJIA, E. (2011, Outubro). Dicaffeoylquinic acids in Yerba mate (Ilex paraguariensis St. Hilaire) inhibit NF-κB nucleus translocation in macrophages and induce apoptosis by activating caspases-8 and -3 in human colon cancer cells. Disponível em:https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/21656672

  4. DIÁRIO CATARINENSE. (2009, Fevereiro 07). Erva-mate pode ser eficaz no combate à doença de Parkinson, segundo universidades catarinenses. Disponível em: http://dc.clicrbs.com.br/sc/noticias/noticia/2009/02/erva-mate-pode-ser-eficaz-no-combate-a-doenca-de-parkinson-segundo-universidades-catarinenses-2397330.html

  5. Young-Rye Kang, Hak-Yong Lee, Jung-Hoon Kim, Dea-In Moon, Min-Young Seo, Sang-Hoon Park, Kwang-Ho Choi, Chang-Ryong Kim, Sang-Hyun Kim, Ji-Hyun Oh, Seong-Wan Cho, Sun-Young Kim,Min-Gul Kim, Soo-Wan Chae, Okjin Kim, Hong-Geun Oh. (2012, Março 21). Anti-obesity and anti-diabetic effects of Yerba Mate (Ilex paraguariensis) in C57BL/6J mice fed a high-fat diet. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3315195/

  6. Arçari DP1, Bartchewsky W Jr, dos Santos TW, Oliveira KA, DeOliveira CC, Gotardo ÉM, Pedrazzoli J Jr, Gambero A, Ferraz LF, Carvalho Pde O, Ribeiro ML. (2011, Março 30). Anti-inflammatory effects of yerba maté extract (Ilex paraguariensis) ameliorate insulin resistance in mice with high fat diet-induced obesity. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/21238540

  7. Andersen T1, Fogh J. (2001, Junho). Weight loss and delayed gastric emptying following a South American herbal preparation in overweight patients. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/11424516

  8. Ahmad Alkhatib. (2014, Setembro 12).Yerba Maté (Illex Paraguariensis) ingestion augments fat oxidation and energy expenditure during exercise at various submaximal intensities. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4190939/

  9. WebMD. Yerba Mate. Disponível em: https://www.webmd.com/vitamins/ai/ingredientmono-828/yerba-mate

  10. Ahmad Alkhatib. (2014). Yerba Maté (Illex Paraguariensis) ingestion augments fat oxidation and energy expenditure during exercise at various submaximal intensities. Disponível em: https://nutritionandmetabolism.biomedcentral.com/articles/10.1186/1743-7075-11-42

  11. de Morais EC, Stefanuto A, Klein GA, Boaventura BC, de Andrade F, Wazlawik E, Di Pietro PF, Maraschin M, da Silva EL. (2009, Setembro). Consumption of yerba mate ( Ilex paraguariensis ) improves serum lipid parameters in healthy dyslipidemic subjects and provides an additional LDL-cholesterol reduction in individuals on statin therapy. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/19694438

  12. Burris KP1, Davidson PM, Stewart CN Jr, Zivanovic S, Harte FM. (2012, Abril). Aqueous extracts of yerba mate (Ilex paraguariensis) as a natural antimicrobial against Escherichia coli O157:H7 in a microbiological medium and pH 6.0 apple juice. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/22488066