A Importância de Uma Mente Resiliente

Resiliência: o termo que vem do latim resiliens significa voltar ao estado normal. Para a psicologia, resiliência é a capacidade do indivíduo vencer obstáculos e lidar com seus problemas sem ceder à pressão, independentemente da situação. Essa é uma habilidade incrível que nos ajuda a recuperar rapidamente de dificuldades. Se você é resiliente, então tem uma habilidade inata de manter-se firme quando a vida tenta te derrubar. Construímos nossa resiliência aprendendo a lidar com os desafios: quando nossos pais diziam “é caindo que se aprende” talvez não soubessem o quão importante é esse conselho; basicamente, você tem que ser derrubado para aprender a levantar. Ao longo do tempo, as pessoas bem-sucedidas aprendem não somente a superar, mas a abraçar esses desafios e encará-los de frente e cada crise que enfrentam é uma chance de aprender e crescer. Podemos dizer que, sem a resiliência, nos sentiríamos perdidos diante de desafios e perigos.

A Importância de Uma Mente Resiliente

Dada a importância dessa palavra, devemos trabalhar em habilidades que irão aumentar essa capacidade e aperfeiçoá-las. Há diversas maneiras de se fazer isso em nossas vidas, no dia-a-dia, e desenvolver essa prática pode fazer com que contemos com a resiliência quando mais precisamos dela. Os desafios que enfrentamos serão mais fáceis de encarar e reduzimos o estresse potencial desses eventos. E esse desafio, em si, pode tornar-se uma experiência de aprendizagem, além de poder ajudar-nos a melhorar a nossa abordagem para situações futuras. Abordar a resiliência como algo que faz parte de nossas vidas vai aprofundar e ampliar nosso conjunto de habilidades e nos permitir lidar com as adversidades com um maior senso de controle. Este senso de controle permanece conosco e afeta nossas vidas de uma forma positiva, impedindo que os medos de um desafio ou obstáculo se tornem uma bola de neve e venham a afetar outras áreas de nossas vidas.

E o que podemos fazer para treinar essa habilidade e tirar o melhor proveito dela? O modelo de mentalidade resiliente (resilience mindset) faz com que tenhamos uma melhor compreensão do cérebro, com o objetivo de ajudar as pessoas a fazerem escolhas conscientemente resilientes. Mindfulness é o foco da atenção e da consciência. A ideia por trás do modelo é que, tornando-nos conscientes do que está acontecendo no cérebro, estamos habilitados a fazer escolhas mais conscientes intencionalmente. Devemos estar mentalmente e emocionalmente preparados para enxergarmos os obstáculos como chances potenciais de crescimento e aprendizagem.

Pequenas atitudes no dia a dia e simples mudanças na forma de pensar vão fazer você potencializar sua resiliência e os resultados são para toda a vida. Um bom começo é aumentar o senso de controle em áreas da sua vida nas quais você realmente tem o controle, como por exemplo: chegar no horário sem atrasos, manter uma alimentação saudável, empregar bons hábitos de sono e uma rotina regular de atividades físicas que lhe tragam prazer. Manter a perspectiva em torno dos desafios e resistir à vontade de vê-los como intransponíveis é muito importante, e pode ser cultivado aplicando essa perspectiva a pequenas dificuldades ao longo do dia. Desenvolva uma autoimagem positiva, observe suas habilidades adaptativas e sinta apreço por tais habilidades. Mude para uma mentalidade positiva sempre que sentir dúvida ou receio.

Talvez a prática que mais traga benefícios para os que querem alcançar este estado mental é uma velha conhecida: meditação. A meditação muda a estrutura do cérebro, criando assim um maior senso de paz e bem-estar geral, imprescindíveis para sermos pessoas equilibradas e resilientes. A prática regular da meditação traz inúmeros benefícios, inclusive físicos. Mas ao buscarmos uma mente resiliente podemos listar o bem que essa pratica proporciona em aspectos determinantes nessa busca, como saúde e equilíbrio emocionais mais regulados, melhora na percepção e a capacidade de empregar uma perspectiva mais ampla diante de adversidades, diminui o stress, diminui a ansiedade e a depressão e , principalmente, melhora a memória e o foco.

Pode não parecer fácil, e nem deveria: aceitar que mudanças fazem parte da vida, acreditarmos mais em nós mesmos, vermos desafios e obstáculos e neles enxergarmos uma chance para crescer e melhorar, nada mais é do que mudar a forma como pensamos e encaramos o mundo. Mas com algumas práticas e mudanças sutis em nossas atitudes os resultados começam a aparecer, e com o tempo são potencializados. Portanto busque sempre o seu melhor, reconheça suas principais habilidades e trabalhe nelas, assim você estará preparado para encarar qualquer desafio e até mesmo seguir mais forte depois de algum percalço.

Assinatura Desinchá

Comente aqui

avatar