Loja Oscar Freire

Loja Rappi

Lojas parceiras

Desinblog

Desinchef

E-books

Cursos

Quem somos

Trabalhe Conosco

O café da manhã é mesmo a refeição mais importante do dia?

Preciso te avisar antes de qualquer coisa: esse texto pode destruir uma crença enraizada no nosso imaginário. O café da manhã não apenas NÃO É a refeição mais importante do dia, como esse mito foi criado pela Kellogg’s pra vender seu mais novo cereal matinal. 

Power of Breakfast Newsletter

 

Tudo bem… Isso não quer dizer que o café da manhã seja ruim, um vilão, nada disso! Inclusive porque simplesmente falar que essa é a refeição mais importante do dia, sem levar em consideração O QUE COMER depois de acordar, é no mínimo uma informação incompleta. Um cereal cheio de açúcar é bem diferente de maçã com canela e aveia, que é diferente de proteína. 
 
Os estudos científicos sobre esse tema são inconclusivos sobre se uma pessoa deve ou não tomar café da manhã. Uma revisão de 10 pesquisas sobre o tema diz que existem apenas “evidências limitadas pró ou contra o argumento de que o café da manhã ajuda na perda e manutenção do peso”. 
 
O que fazer, então? Bom, depende… Quem costuma pular o café da manhã (como eu) pode ficar tranquilo que tá tudo bem. Já pra quem costuma fazer essa refeição, é importante saber o que comer. 

O café da manhã é mesmo a refeição mais importante do dia?

Uma pergunta melhor do que se o café da manhã é a refeição mais importante talvez seja: qual o padrão nutricional mais interessante pro meu objetivo? Seja isso queima de gordura, ganho de massa muscular, aumento da energia, fertilidade, ou qualquer outro. 
 
Se você realmente quiser sentir isso com o seu corpo, recomendo sempre testar e ver o que acontece. 
 
Então se você costuma tomar café da manhã, que tal pular essa refeição por uma semana? 
Ou se você coloca seu jejum matinal quase como uma religião, que tal tomar café da manhã também por 1 semana? 
 
Só tem um porém. O problema parece ser a combinação entre 1) pular o café da manhã + 2) jantar bem tarde (menos de 2h antes de dormir). Esse estudo demonstra que esse combo pode aumentar o risco de desenvolver problemas cardíacos. 
 
Quer ideias de café da manhã low carb? Clique aqui. 
 
Escrevendo esse texto, aliás, lembrei de algo bem importante no meu processo de mudanças de hábitos. Primeiro foi que não mudei radicalmente toda a minha vida. Esse foi um processo gradual, e a PRIMEIRA COISA que eu mudei foi exatamente meu café da manhã. 
 
Acostumada a tomar café com aquele pão com manteiga, passei a priorizar as proteínas na primeira refeição do dia. Comia ovos, às vezes com um pouco de couve ou alguma outra folha verde-escura ou vegetal. 
 
Quando comecei a trabalhar na Desinchá, já estava nesse processo – e vir até a empresa foi um gatilho pra mudar também o meu almoço.   
 
À medida que comecei a adotar uma alimentação low carb, minha fome diminuiu significativamente ao longo do dia… Principalmente depois de acordar. Passei daí a seguir uma estratégia de jejum intermitente na maioria dos dias (mas comendo algo de manhã caso acorde com a fome de duas leoas). 
 
E você, toma café da manhã ou não? 

Agora… Se você tem interesse de transformar sua alimentação por completo, começando simples e crescendo a partir daí, temos o programa perfeito pra você.  

Já conhece o Método Transformação Low Carb? 

Esse é o primeiro sistema passo a passo pra você transformar seu relacionamento com a comida (e com o seu corpo) sem radicalismos e sem passar fome. 

São 41 aulas desenvolvidas em parceria com uma nutricionista + receitas feitas por uma chef de cozinha, tudo totalmente online. Você só precisa assistir aos vídeos e seguir as recomendações. Não precisa se preocupar com mais na-da. 

Se interessou? Se inscreva agora. 😊

Método Transformação Low carb

Comente aqui

avatar