Loja Oscar Freire

Loja Rappi

Lojas parceiras

Desinblog

Desinchef

E-books

Cursos

Quem somos

Trabalhe Conosco

Como acelerar o metabolismo

Ao acelerar o metabolismo do seu corpo, você consegue transformar as calorias da sua alimentação em energia de forma eficaz e rápida. Essa velocidade de gasto calórico é determinada geneticamente. Mas você sabia que é possível aumentá-la? É o que chamamos de acelerar o metabolismo, auxiliando a troca de gordura por massa muscular. Gostou né? Veja como turbinar seu corpo! 

acelerar o metabolismo

Escolha os melhores alimentos 

Para acelerar o metabolismo, você precisa escolher os melhores alimentos para essa função. Uma excelente opção são os carboidratos de baixo índice glicêmico, que mantêm os níveis de insulina estáveis e afastam a fome por mais tempo. Legumes, verduras, grãos integrais e frutas se encaixam neste grupo.

Os outros carboidratos, de alto valor glicêmico, também podem ser consumidos, mas raramente. 

E por que os carboidratos são essenciais para acelerar o metabolismo? Porque dão combustível para todo o corpo: músculos, sistema nervoso e células do sangue. Isso faz com que você fique mais esperta e ativa. Já falamos mais dos carboidratos nos nossos textos sobre slow carb e low carb

Outra opção fundamental são as proteínas, que auxiliam na formação dos músculos. E são eles que consomem calorias mais rapidamente e diminuem a velocidade de digestão dos carboidratos. As proteínas magras devem ser preferidas, como carnes brancas (peixe, frango), ovo, soja, patinho, rosbife, ricota, cottage e outros. 

Para fechar o trio perfeito de alimentos, não se esqueça das boas gorduras. Sim, elas são essenciais em uma dieta equilibrada que pode acelerar o metabolismo. Sua função é retardar a digestão do carboidrato, permitindo que o gasto energético seja homogêneo. Mas atenção: a ingestão inclui somente as gorduras amigas, como oleaginosas, abacate, azeite de oliva extravirgem.  

Algumas dicas básicas com os melhores alimentos para acelerar o metabolismo: 

  • Inclua alimentos termogênicos em sua dieta: gengibre, chá verde, canela, café, pimenta, frutas secas, nabo, cebola e rúcula ajudam a acelerar o metabolismo naturalmente; 
  • Não faça refeições somente com alimentos de baixíssima caloria, como alface e outras verduras, pois não fornecem energia significativa e você ficará com fome logo; 
  • Evite cereais à base de arroz refinado e flocos de milho (crisps e corn flakes), pois têm índice glicêmico alto; 
  • Se você faz parte do grupo de “formiguinhas” e não consegue ficar sem doce, que tal testar uma sobremesa saudável

Ponto importante: beba bastante água, pois ela ajuda no transporte de oxigênio para os músculos. 

 

Tenha uma rotina alimentar mais fracionada 

Outra medida para turbinar seu corpo e acelerar o metabolismo é fracionar os alimentos em pequenas refeições. Muitas pessoas adotam o hábito de tomar somente café da manhã, almoçar e jantar. Mas já pensou em ter mais refeições? Faça o teste: adicione pequenas refeições entre as principais. Um lanchinho pela manhã e pela tarde, talvez algo bem leve algumas horas antes de dormir. 

Seu corpo receberá comida com mais frequência. Isso fará com que ele entenda que não é preciso economizar e estocar calorias. Em algumas semanas, é possível sentir-se satisfeita com menos comida em cada refeição. É comum que você sinta menos fome, afinal, seu estômago encolhe cerca de 30%. Isso pode favorecer bastante a perda de peso, se for seu objetivo. 

Vale uma observação aqui: é uma medida para acelerar o metabolismo. Há algumas dietas, como o jejum intermitente, que são feitas com outro objetivo (e acompanhamento médico). 

Mexer o corpo também ajuda a acelerar o metabolismo

Mauro Cardaci, da Fórmula Academia, em São Paulo, é professor de educação física e especialista em fisiologia. Ele aponta que a prática de atividades físicas é essencial para acelerar o metabolismo, pois 1 kg de massa muscular a mais já ajuda a dar uma agitada no seu corpo. 

É muito importante que você escolha uma ou várias atividades que te coloquem em movimento diariamente. O gasto calórico acontece durante a atividade e após ela. Seu metabolismo continuará aumentando por cerca de 4 horas. 

A musculação, por exemplo, é uma das atividades eficientes para turbinar seu corpo. Por meio deste exercício, você consegue ganhar mais massa muscular. Como apontamos acima, os músculos aumentam a velocidade de gasto calórico.  

Já reparou que, com o passar dos anos, nossa necessidade calórica diminui? A endocrinologista membro da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM), de São Paulo, Maria Fernanda Barca, explica que perdemos massa magra com o tempo, o que ocasiona menos gasto energético. Para ela, “ao fazer atividade física e adotar uma alimentação adequada para preservar massa muscular é possível acelerar o metabolismo”. 

 

Durma bem 

Em muitas oportunidades, falamos sobre a importância do sono em nossas vidas. Pois saiba que dormir bem é peça-chave na hora de acelerar seu metabolismo. “Então quer dizer que para turbinar meu organismo eu preciso descansar?” Sim.  

O sono regula a produção hormonal, estimula o ganho de massa muscular e melhora sua disposição. O hormônio do crescimento (GH), que estimula a hipertrofia, é produzido majoritariamente durante o sono. O bom descanso também dá ao músculo a possibilidade de recuperar do treino. O resultado é seu crescimento e, novamente, quanto mais músculos, maior a queima calórica pelo metabolismo. 

Além disso, vale destacar que você terá mau humor, cansaço e indisposição se dormir pouco. E, provavelmente, terá mais vontade de comer doce. Tudo que joga contra seu metabolismo. 

 

Essas são algumas formas de acelerar o metabolismo, mantendo seu corpo ativo, com disposição e saúde. Sabe o que também ajuda? Tomar um Desinchá, que possui, dentre outros ingredientes, chá verde, guaraná e gengibre.  

 
Desinchá

Comente aqui

avatar