Loja Oscar Freire

Loja Rappi

Lojas parceiras

Desinblog

Desinchef

E-books

Cursos

Quem somos

Trabalhe Conosco

Como evitar o ganho de peso conforme envelhecemos?

Você já deve ter se visto nessa situação. Os anos vão passando, e à medida que fica mais velho, você percebe um leve aumento na balança. Pouco a pouco, meio quilo aqui, 1 kg ali… E quando percebe, você ultrapassou a marca dos 60, dos 70, dos 100 quilos! Talvez você olhe fotografias antigas, e pense: quando meu corpo mudou tanto? 

Se você se identificou com essa história, saiba que não está só. A maioria dos adultos aumenta, em média, 0,5kg por ano. Isso não é muito por si, mas quando essa tendência se perpetua por 20 anos ou mais na vida adulta, podemos chegar à meia idade com 10kg a mais. 
 
Já falamos e reforçamos que pequenos hábitos repetidos com regularidade se somam e se potencializam. Isso pode acontecer com hábitos saudáveis ou não. Com o passar do tempo, os resultados se tornam significativos. 
 
Nossa biologia é programada para ganhar peso ao invés de perder. 
 
E isso faz total sentido. Gordura corporal é reserva de energia. Nossa biologia não mudou desde que éramos caçadores-coletores, um período da história da humanidade onde nos alimentávamos de forma irregular, caminhávamos pelo menos uns 10km por dia, nos movíamos muito mais, e ter energia estocada poderia ser determinante para nossa sobrevivência. 
 
Acontece que hoje temos à nossa disposição diversos produtos que NÃO SÃO comida de verdade. Produtos cheios de aditivos químicos, açúcares, e sem os nutrientes dos quais nosso corpo tanto precisa. Ou seja: calorias vazias. 
 
Simplesmente comer menos e se exercitar mais não é suficiente. 
 
Para reverter esse fenômeno, a gente precisa transformar nosso relacionamento com a comida, com as nossas escolhas, e com os nossos corpos. 

Por que ganhamos peso quando envelhecemos?

 
Por exemplo: uma das principais consequências quando passamos a comer menos e nos mexer mais é que sentimos MUITO MAIS FOME. 
 
Estamos desafiando nossa biologia, e ela vai nos “defender” pra que a gente não perca muito peso de uma vez. 
 
Para complicar ainda mais a vida, à medida que envelhecemos, nosso metabolismo basal desacelera. 
 
Metabolismo basal faz referência à quantidade de energia que nós gastamos só para manter o corpo funcionando: para respirar, para o coração bater, para os neurônios transmitirem informações entre si, etc. 
 
Esse declínio é de mais ou menos 5% a cada 10 anos. Ou seja: quando o tempo passa, mesmo que a gente continue comendo exatamente as mesmas quantidades de quando eramos jovens, ainda assim ganhamos peso. 
 
Pior:  músculos demandam mais energia de manutenção. Então à medida que envelhecemos também tendemos a perder músculo (e acumular mais gordura). 
 
Isso pode ser revertido, claro, com algumas medidas simples. 
 
Sim, você vai precisar se exercitar. Cada tipo de exercício tem uma vantagem: treinos de força te ajudam a manter os músculos, treinos aeróbicos são incríveis para manter a mente afiada, e treinos funcionais garantem a qualidade dos seus movimentos mesmo numa idade mais avançada. 
 
Só que você nem precisa treinar de um jeito tão formal assim. Manter um estilo de vida ativo – cozinhando, limpando a casa, caminhando… já vai te garantir diversos benefícios. Inclusive, como escrevemos aqui, as pessoas mais saudáveis do mundo (como as senhorinhas centenárias de Okinawa) não vão à academia. 😉  
 
Em relação à nutrição, aqui vão alguns direcionamentos: 

  • Adote um estilo de alimentação que te permita comer até ficar satisfeito, fazendo boas escolhas que vão nutrir o seu corpo. Se não sabe por onde começar, dá uma olhada nesse texto aqui com duas boas opções: low carb e slow carb
  • Beba bastante água. Às vezes achamos que estamos com fome, quando na verdade estamos com sede.  
  • Limite ao máximo possível o consumo de produtos comestíveis altamente processados e cheios de aditivos artificiais. Sim. “Produtos comestíveis” porque esses produtos não são comida de verdade. (E até refrigerante zero se enquadra aqui) 
  • Evite álcool e limite as bebidas cheias de açúcares. Uma das formas mais fáceis de melhorar sua alimentação é trocar bebidas pouco saudáveis por opções mais saudáveis. Quando você bebe algo ruim para a sua saúde, está consumindo calorias vazias, sem sequer sentir a saciedade que um alimento sólido pode te dar. Ou seja: é o pior de todos os mundos. Quer uma opção melhor? A gente criou o Desinchá exatamente por isso. Experimente quente ou gelado. 

 

Desinchá

Comente aqui

avatar