Como funciona a drenagem linfática?

Pode procurar no seu navegador: “drenagem linfática”. A busca vai retornar uma longa lista de clínicas que oferecem esse tratamento e todas falando dos resultados incríveis que uma sessão por semana pode fazer no seu corpo. Mas será que é tudo isso mesmo? Dá pra confiar? 
 
Sim. A drenagem linfática dá resultados. Mas antes de você sair correndo para marcar sua hora, tem muitas outras coisas que precisa saber sobre esse procedimento, desde o profissional habilitado a fazer até as contraindicações. Pois elas existem, viu! 

Como funciona a drenagem linfática?

Esse tipo de massagem, que só pode ser aplicado por fisioterapeutas ou massoterapeutas, atua no sistema linfático, que é uma rede complexa de vasos pelo corpo por onde se move a linfa, líquido rico em proteínas, glóbulos brancos, microrganismo, células mortas, células sanguíneas e pode também carregar bactérias e toxinas. Seu aspecto é viscoso e amarelado. A linfa, assim como o sangue, realiza trocas metabólicas com as células e em seguida é recolhida pelos vasos do sistema linfático, retornando aos gânglios.  

O objetivo da drenagem linfática, ou drenagem para os mais íntimos, é retirar a linfa acumulada entre as células e devolvê-la a circulação para que seja filtrada pelos gânglios linfáticos (ou linfonodos). Esses gânglios fazem parte do sistema imunológico e sua função é ajudar o corpo a reconhecer e combater germes, infecções e outras substâncias estranhas. Então, após esse processo, os nutrientes são absorvidos pelo organismo e o que não presta é eliminado. 

Para cada parte do corpo existem movimentos adequados, mas eles sempre devem ser feitos no trajeto dos vasos e no sentido do linfonodo correto. Por exemplo, a drenagem nas penas e barriga devem seguir em direção a virilha, nos braços e tórax os movimentos vão em direção a axila.  

A técnica mais utilizada e eficiente é a manual, mas a drenagem também pode ser feita com aparelhos da endermologia, que possuem mecanismos de vácuo e rolamento. A desvantagem é que o profissional não consegue ver nem sentir a área massageada e trabalhar com ênfase nos pontos mais necessitadas. 

O resultado mais desejado é a diminuição do inchaço e, consequentemente, das celulites e medidas. Aliás, esses são os principais motivos pelo qual a drenagem ganhou tanta popularidade. Mas existem outros benefícios:  

– Ajuda a melhorar sintomas da tensão pré-menstrual, já que, além de auxiliar na eliminação de líquidos e combate o inchaço, ajuda a controlar a ansiedade, pois tem efeito relaxante. 

– É eficaz em pós-operatórios, pois regenera tecidos para reduzir cicatrizes em locais de incisão cirúrgica, reduz o inchaço, desintoxica o corpo, ajuda a circular os glóbulos brancos para melhorar o processo de cicatrização, além de melhorar o bem estar e promover o relaxamento. Ela não deve ser feita logo após a cirurgia. O adequado é esperar pelo menos 6 semanas antes de receber uma, ou até que um médico libere o paciente para a massagem. 

– Aumenta a taxa metabólica porque livra seu corpo de produtos de resíduos através de seus gânglios linfáticos. Um sistema linfático saudável contribui para uma taxa metabólica saudável. Quanto maior sua taxa metabólica, mais gordura seu corpo queima por minuto (mesmo quando você está inativo ou simplesmente sentado). 

Uma grande polêmica sobre a drenagem é se ela pode ser aplicada em mulheres grávidas. E sim, não só pode como ajuda muito! Nessa fase, a mulher retém muito liquido, especialmente no 3º trimestre da gestação, e quando este líquido passa do limite que o organismo consegue processar e eliminar, as impureza e toxinas ficam acumuladas causando uma série de problemas. Mas é importante saber que o profissional deve ser especialista em gestantes! 

Existem casos em que a drenagem é contraindicada: tumores malignos não controlados, tuberculose, processos infecciosos e inflamatórios agudos, insuficiência renal aguda, erisipela em fase aguda, entre outras. Se você sofre de alguma doença, converse com seu médico antes de passar pelo procedimento. 

A drenagem linfática não faz milagre, não emagrece e seus resultados estão diretamente associados ao seu estilo de vida, então não adianta cobrar do profissional a mesma perda de medidas de algum amigo seu.  

E uma última dica importante: pesquise muito bem o profissional antes de marcar sua sessão. Busque referências e indicações e não só o preço mais barato. A drenagem não pode deixar hematomas, então se você passou por uma sessão que te deixou marcas no corpo, não volte mais lá! Ok? 

Assinatura Desinchá

1
Comente aqui

avatar
1 Comentários
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Daniela Recent comment authors
newest oldest
Daniela
Visitante
Daniela

Gostei muito da informação sobre a massagem linfática