Como prevenir seu corpo da imunidade baixa

Provavelmente você já deve ter ouvido falar sobre imunidade baixa, e é bem provável também que algum momento da sua vida, sua imunidade também já esteve assim.

Mas vamos por partes para podermos entender o motivo de muitas das gripes e febres que você teve ao longo da vida.

Imunidade é o nome que damos à capacidade do nosso organismo de se defender de invasores, ou seja, vírus, bactérias ou fungos. Esses são os maiores causadores das gripes que não nos largam, pneumonias e febre constante.

Quando nossa imunidade está baixa, ficamos mais vulneráveis a essas doenças que acabam nos impedindo de ir naquele almoço de família (dependendo pode até ser uma boa), ou curtir o bar com os amigos. Afinal, sair da cama não é uma opção.

Como prevenir seu corpo da imunidade baixa

Mas o que faz com que nossa imunidade fique baixa?   

Há diversas coisas que podem ocasionar uma imunidade baixa no nosso corpo. A médica imunologista Elisabete Blanc, do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho, da UFRJ, conta que a baixa imunidade pode ser de causa primária, ou seja, quando a pessoa já nasce com uma predisposição genética. “Por outro lado, pessoas que são saudáveis, em um dado momento da vida, podem se expor a situações que levem à dificuldade do organismo em manter um equilíbrio imunológico”. 

Exemplos dessas situações são o uso de medicamentos que suprimem a imunidade, má alimentação, consumo de álcool, estresse prolongado, doenças que levam a uma grande perda de proteínas, doenças crônicas, deficiências de vitaminas, falta de repouso adequado, entre muitos outros fatores. 

E quando nossa imunidade está baixa, ela é acompanhada por alguns sintomas que podem passar despercebidos no nosso dia a dia. Por isso, listamos abaixo alguns dos principais sintomas que, na maioria das vezes, são ocasionados pela imunidade baixa. 

  • cansaço excessivo; 
  • febre e calafrios frequentes; 
  • náuseas, vômitos ou diarreia; 
  • doenças simples que ficam graves, como gripes que duram semanas; 
  • otites no ouvido; 
  • herpes na região genital; 
  • herpes labial, estomatite e amigdalite na boca; 
  • infecções respiratórias persistentes; 
  • perda de peso ou ganho de peso; 
  • meningite e encefalite; 
  • queda de cabelo; 
  • unhas fracas; 
  • estresse; 
  • depressão
  • má qualidade da pele e predisposição a ferimentos.

Porém, imunidade baixa pode ser prevenida, não é algo que você precisa torcer para não ter. O ideal é se cuidar hoje, para evitar ter isso amanhã. É importante balancear a alimentação e repor as vitaminas e nutrientes do corpo, além de praticar exercícios físicos. Mas também existem pessoas que acreditam que exercícios com certa intensidade podem fazer sua imunidade baixar. 

O Dr. Drauzio Varella explica que não há nenhuma comprovação científica de que os exercícios causam isso. O que pode ocorrer é que quando você força seu corpo além do que ele aguenta, há uma resposta de baixa ao seu sistema imunológico. 

Praticar exercícios físicos na intensidade correta ajuda a melhorar o sistema imunológico do seu corpo, assim como alguns alimentos que devem ser incluídos na sua alimentação. 

Vou dar alguns exemplos de alimentos que vão te ajudar não só com a sua imunidade, mas também com vários outros problemas de saúde: 

Frutas cítricas 

Laranja, acerola, kiwi e tomate, por exemplo, são ricos em vitamina C e antioxidantes e ajudam a aumentar a resistência do organismo; 

Vegetais verdes escuros 

Alimentos como brócolis, couve, espinafre são ricos em ácido fólico. O nutriente auxilia na formação de glóbulos brancos, responsáveis pela defesa do organismo, e também pode ser encontrado no feijão, cogumelos (como o shimeji e o shiitake) e a carne de fígado; 

Alimentos ricos em zinco 

Carne, cereais integrais, castanhas, sementes e leguminosas (feijão, lentilha, ervilha, grão de bico) são ricos em zinco, nutriente que combate resfriados, gripes e outras doenças do sistema imunológico; 

Oleaginosas 

Além de zinco, as nozes, castanhas, amêndoas e óleos vegetais (de girassol, gérmen de trigo, milho e canola) são ricos em vitamina E. Ela é benéfica principalmente para os idosos, agindo no combate à diminuição da atividade imunológica por conta da idade; 

Fontes de antioxidantes 

A castanha-do-Pará e cogumelos (como o champignon) contêm selênio, um forte antioxidante que combate os radicais livres, melhorando a imunidade do corpo e acelerando a cicatrização do organismo; 

Óleo de coco 

O ácido láurico e o ácido cáprico, presentes no óleo de coco, tem a propriedade de modular o sistema imunológico agindo contra fungos, vírus e bactérias. Além disso, uma forma indireta de ele contribuir com a imunidade está na melhora do trabalho do intestino ao eliminar as bactérias ruins; 

Gengibre 

Rico em vitaminas C, B6 e com ação bactericida, o gengibre vai além de ajudar a tratar inflamações da garganta e auxilia nas defesas do organismo. 

 

Para facilitar ainda mais, preparei uma receitinha que ajudará na sua mudança de alimentação. Então já pegue o papel e a caneta, ou tire print para não perder essa.

 

Suco de beterraba

 

Ingredientes 

  • 1 beterraba 
  • 1 maçã 
  • 2 cenouras 
  • Água 

 

Modo de preparo 

  • Corte a beterraba em rodelas e bata no liquidificador com um pouco de água; 
  • Misture bem e passe na peneira; 
  • Separe e guarde na geladeira enquanto bate no liquidificador, com água, as cenouras e a maçã; 
  • Misture tudo e beba meia hora antes do café da manhã, em jejum. 
  • Agora é só se deliciar com esse suco enquanto sua imunidade está sendo aumentada 

 

 

A beterraba é rica em vitamina A C, cálcio e ferro, previne e ajuda a curar anemia também. É rica em nitrato, que ajuda a baixar a pressão sanguínea, previne doenças cardiovasculares e (a função que todo corredor deveria saber) diminui o gasto de oxigênio, melhorando o desempenho e a resistência nos esportes. 

E você pode encontrar várias outras receitas como essa na nossa página do Desinchef no site. Sucos, snacks, entradas, pratos principais e sobremesas que são saudáveis e gostosas (além de rápidas de fazer). 

 

Por hoje é isso, querido desinchamigo. Voltaremos em breve com mais informações. 

Assinatura Desinchá

 

Comente aqui

avatar