Loja Oscar Freire

Loja Rappi

Lojas parceiras

Desinblog

Desinchef

E-books

Cursos

Quem somos

Trabalhe Conosco

Como se manter saudável ao viajar

Não me julgue, mas viajar pra mim sempre foi sinônimo de passar o dia beliscando gostosuras – especialmente se fosse para outro país. Era a desculpa perfeita para comer 3 sobremesas numa tarde como uma forma de experimentar a culinária local. Principalmente por não ter uma rotina certa, se manter saudável ao viajar pode ser um verdadeiro desafio. Um desafio que eu julgava impossível, aliás. 

Como se manter saudável ao viajar Então ao invés de tentar descobrir, experimentar, fazer qualquer coisa para manter meus hábitos saudáveis, eu simplesmente assumia que não ia dar pra ser saudável ao viajar. Que quando eu voltasse, passaria a comer melhor. (Nem falo nada sobre se exercitar porque ando MUITO a pé, e em viagens isso não é diferente, então quer queira, quer não, não poderia me considerar total sedentária) 
 
Enfim! Só com o tempo descobri que dá sim para se manter saudável ao viajar (e o melhor: sem sacrificar todas aquelas experiências incríveis que eu tanto queria ter!) 
 
Abaixo vou compartilhar com você minhas principais dicas para você colocar na mala, no mochilão ou na bolsinha de mão da próxima vez que se aventurar por aí. 

 

#1 Defina seu objetivo para a viagem

Quando eu estava fazendo o curso 4 semanas low carb, da Desinchá Academy, fui visitar minha família (que mora em Natal). Eu já tinha perdido 2kg com esse desafio, e à princípio esperava manter minha queima de gordura acelerada. Falei com minha mãe, disse que estava testando uma alimentação diferente e, como ela já vinha comentando que queria perder uns quilinhos, a convidei pra fazer isso comigo. 
 
Assim que cheguei, no entanto, vi que seria bem difícil me manter 100% como estava em casa. Por quê? Porque todo mundo na minha família é fofo pra caramba, e queriam preparar minhas receitas preferidas.  
 
Sim, eles fizeram um esforço para sempre ter salada à mesa, e para ter opções mais saudáveis também. Minha mãe comeu arroz de couve-flor e macarrão de abobrinha comigo, mas bastava chegar aquela feijoada de respeito na mesa que ninguém resistia. 
 
Então fica a #reflexão.  
 
Se você vai viajar, quer meeeesmo perder peso? Talvez faça mais sentido manter o seu peso atual e se permitir algumas liberdades para maximizar o seu prazer (principalmente se o objetivo da sua viagem for lazer). Ou ainda, talvez o seu objetivo seja realmente se permitir todas as experiências que quiser. 
 
Definir o que você espera em relação à viagem vai tirar a culpa do “ahhh, mas eu deveria estar fazendo xyz” e te deixar ser quão saudável você tiver escolhido. 😊  
 
Se eu for visitar minha família, por exemplo, sempre vou separar um dia para comer feijoada, e outro para comer lasanha caseira (acompanhada de um pratão de salada de rúcula, porque fibras, coração). 
 

#2 leve itens saudáveis com você

Eu, por exemplo, levei uma caixa do Desinchá Kit Viagem (porque tomo todo dia e queria que minha mãe provasse também), um pacotinho de castanhas (que são um snack saudável para quando bater uma fome inesperada), chocolate 70% (que é uma ótima opção de sobremesa), e ainda um sanduíche feito com pão low carb (porque #sustância!) Confesso que já ouvi gente que viajou com um pote com uma refeição real, oficial – nada de lanche. 
 
Esse tipo de coisa te protege de comer besteira no aeroporto ou no caminho pro hotel. Assim você sabe que tem uma opção nutritiva e preparada com muito carinho pelo seu eu do passado.  
 
Já mencionei algumas, mas aqui vão outras opções que podem lhe interessar: 
1) Whey. Você pode levar num mixer e misturar com água no aeroporto mesmo. 
2) Sementes e grãos 
3) Frutas 
4) Ovos cozidos 
 
Esse tipo de lanche também é ótimo de ter caso você fique num hotel, porque assim você não precisa resistir aos snacks açucarados que costumam ter no frigobar. O bônus é que você vai se sentir como se estivesse num spa destinado exclusivamente a cuidar do seu bem estar. 
 
Ah! Meu único erro foi nessa viagem em especial, sobre a qual já comentei aqui, foi que eu deveria ter levado MAIS DESINCHÁ (porque tomei todos os dias, e minha mãe reclamou que eu devia ter deixado mais pra ela, então tive que enviar uma caixa pelo correio). Desculpa, mãe. 🙈 

 

#3 Planeje suas idas ao bar 

Algumas bebidas alcoólicas não são indicadas para cuidar do seu corpo, mas tomar alguns drinks poucas vezes na semana não deve te atrapalhar. Uma tacinha de vinho seco, principalmente de uvas com menos açúcar (como a pinot noir) vão bem. 
 
Ou, se não, siga esse framework para pedir seus #bonsdrinks quando for ao bar: 
 
1) Escolha 1 fruta (rodelas de limão ou laranja, morango, abacaxi) 
2) Adicione uma dose de bebida destilada (gin, vodka, cachaça) 
3) Complete com uma bebida não-alcoólica (soda zero, suco, água com gás) 
4) Dê um toque a mais com uma erva (manjericão, hortelã) ou especiaria (pimenta, canela) 
 
voilàmon amour! 
 
Agora é só brindar e aproveitar a companhia. 

 

#4 Não descuide do café da manhã

Um café da manhã proteico é um dos melhores hábitos saudáveis que você pode levar com você e se manter saudável ao viajar. Sem falar que é fácil comer ovos (ou uma omelete) em qualquer lugar do mundo.  
 
As proteínas logo de manhã vão aumentar sua sensação de saciedade no resto do dia. Assim você evita ficar beliscando até a hora do almoço.  
 
Uma coisa legal de fazer é também procurar a área ao redor do seu hotel (se for ficar em um) e ver quais os restaurantes próximos que mais podem te ajudar a se manter saudável.  
 
Assim você pode provar a culinária local sem descuidar da saúde.

#5 Já falei para levar o Desinchá Kit Viagem?

Ele foi feito especialmente para você levar na mala, na bolsa, em qualquer lugar. Sua rotina saudável sempre com você.  
 
O kit do Desinchá Original já é sucesso, e nós acabamos de lançar a versão do Desinchá Noite. São 20 sachês numa embalagem super compacta – com a mesma fórmula que você já ama. Desinchá Noite Kit Viagem

 

Por Melina França 

Comente aqui

avatar