Loja Oscar Freire

Loja Rappi

Lojas parceiras

Desinblog

Desinchef

E-books

Cursos

Quem somos

Trabalhe Conosco

Conheça a dieta Noom, a queridinha dos millennials

tecnologia entrou nas nossas casas, nas nossas vidas, sentou-se ao sofá e pretende ficar ali por tempo indeterminado. Ela está, inclusive, interferindo em nossa alimentação. É nesse contexto que aparece uma das queridinhas do momento, em especial entre os millennials: a Dieta Noom. 

dieta noom

 

O que é a Dieta Noom? 

É um aplicativo para smartphone, que na verdade se chama Noom Coach. Sim, dieta noom não é uma dieta, pasmem! Mas o que importa é o que está por trás desse app, disponível para Android iOS. Ele possui técnicas de mudança de comportamento que auxiliam o usuário a perder peso, monitorando atividades físicas e alimentares. 

De acordo com os profissionais que integram a equipe do Noom, o aplicativo possui uma abordagem equilibrada para a perda de peso, propondo uma dieta consistente e um trabalho de longo prazo.  

Mas já fica aqui nosso alerta: nada substitui o trabalho de profissionais especializados, como nutricionistas ou nutrólogos. Eles prescrevem dietas alimentares de acordo com as ambições, as necessidades e as limitações de um paciente. 

Feito esse adendo, você pode estar se perguntando como funciona a dieta noom. 


Como ela funciona? 

A partir de registros dos usuários, que inserem no app todas as bebidas e os alimentos consumidos. Eles são classificados em três cores, conforme suas calorias: vermelho, amarelo e verde. Espinafre e brócolis, por exemplo, são classificados como verdes, pouco calóricos. Manteigas e óleos são vermelhos. 

“Ah, mas eu não fico sem meu hambúrguer”. Calma. O Noom não exclui nenhum alimento ou grupo de alimentos. Eles apenas incentiva uma mudança em direção a um estilo de vida mais saudável, que ajuda na perda de peso. Então pode comer seu hambúrguer, mas se lembre de exercitar mais. 

“E o que acontece se eu consumir alimentos vermelhos e amarelos”? Bom, o aplicativo tem um treinador. Assim que você faz login pela primeira vez, o app o associa a um técnico de saúde, seu treinador. Ele será responsável por informações e conselhos dietéticos para te ajudar a atingir suas metas. O usuário também deve responder a algumas perguntas no site ou no próprio aplicativo. Assim, o algoritmo projetará um plano mais adequado a você. 

A dieta Noom pode ser um grande incentivo para você realizar um auto-monitoramento da perda de peso. E o aplicativo sabe a importância disso e investe em sua motivação. Existe uma plataforma social onde os usuários discutem desafios e sucessos com o uso do app. 

Porém, esse plano personalizado de perda de peso tem um custo: US$ 50 dólares por mês (durante 4 meses). Se vale ou não, a decisão é sua (mas lembre que o dólar está valendo mais do que R$ 5,00). Você pode experimentar os dias gratuitos para decidir. Quer mais informações?

 

Como surgiu? 

O aplicativo foi objeto de uma pesquisa intitulada Manutenção e redução de peso bem-sucedidas usando um aplicativo para smartphone em pessoas com sobrepeso e obesidade (tradução livre). Ela publicada na US National Library of Medicine da NCBI (National Center for Biotechnology Information). O estudo investigou a eficácia do Noom Coach com base em outro estudo mais completo, que utilizou os dados clínicos e de registro inseridos pelos usuários do aplicativo entre outubro de 2012 e abril de 2014. 

Quase 36 mil pessoas que utilizaram a dieta Noom por mais de um mês foram incluídos no estudo. Os resultados são interessantes: quase 78% relataram redução no peso corporal. Destes, 23% dessas pessoas relataram perda de mais de 10% do seu peso corporal. 

E não para por aí. O estudo também apontou que houve redução no chamado “efeito sanfona”.

A conclusão do estudo foi que a dieta Noom é bastante eficaz em relação à maioria dos usuários do aplicativo, especialmente entre aqueles que monitoram seus pesos e hábitos alimentares com frequência. Estes experimentaram uma perda de peso mais consistente 

Outra pesquisa (a partir de 2016) utilizou a dieta Noom para oferecer um programa de prevenção de diabetes (DPP) a 43 pessoas com pré-diabetes e sobrepeso/obesidade. A ideia era investigar a eficácia do programa na perda de peso entre os participantes. Como resultado, houve perda de peso significativa nas semanas 16 e 24 do uso do DPP.  

Do total de participantes, 36 completaram o estudo. Destes, 23 perderam mais de 5% do peso corporal. A limitação deste estudo é que não houve comparação entre o Noom e outro aplicativo ou dieta.

 

Atente-se às limitações 

Além da ausência de comparação da dieta Noom com outro parâmetro, precisamos ficar atentos a alguns pontos do aplicativo. 

Em primeiro lugar, o usuário só consegue registrar informações que consideram calorias. E aí você deve estar se perguntando “e as vitaminas e os minerais?” Pois é. Consequentemente, você terá dados limitados sobre a saúde de suas escolhas alimentares. Não à toa, médicos e nutricionistas ficam relutantes em recomendar o aplicativo para seus pacientes. 

A segunda limitação é que nem todos os treinadores da dieta Noom são certificados pelo National Board for Health & Wellness Coaching. Essa certificação é um padrão mínimo de habilidades e conhecimentos necessários para o treinamento em saúde e bem-estar. Como não são todos certificados, podem aparecer conselhos inadequados, principalmente para pessoas com histórico médico mais complexo. 

Um ponto que não é exatamente uma limitação, mas que pode ser um problema para alguns, é o controle do aplicativo. Para algumas pessoas, a dieta noom, com seu tipo de organização, pode provocar ansiedade ou estresse

Por isso, mais uma vez reforçamos a necessidade de consultarmos um especialista quando pensarmos em fazer uma dieta alimentar. 

Adotar a dieta Noom pode ser interessante para algumas pessoas. E dentro da ideia de hábitos saudáveis, o Desinchá é uma grande pedida. Sem glúten, sem lactose e zero açúcar, ele é um aliado dos seus objetivos de corpo, saúde e bem estar. 

Desinchá

Comente aqui

avatar