Loja Oscar Freire

Loja Rappi

Lojas parceiras

Desinblog

Desinchef

E-books

Cursos

Quem somos

Trabalhe Conosco

Dieta Low Carb: emagreça de forma simples e saudável!

Já fizemos um texto nesse precioso blog sobre a dieta low carb, mas comparando com outra dieta semelhante chamada “Slow Carb”. Se você ainda não leu, dá uma lida depois. 

Porque hoje vamos focar mais nos detalhes da dieta low carb. 

Ela é uma das dietas da moda e costuma ser muito eficiente. Uma pesquisa divulgada na publicação Lipids comprovou que um grupo em dieta low carb emagreceu quase o dobro quando comparado a um grupo em dieta de baixo teor de gordura, sendo que ambos ingeriram a mesma quantidade de calorias.  

Mas o Low Carb vai além de uma dieta: ele é um conceito.  

Claro, é um conceito que significa a diminuição da quantidade de carboidratos ingeridos. A diferença é que, sendo um conceito, ele não representa uma dieta específica, mas engloba várias dietas diferentes, como a cetogênica, Slow Carb, Zone Diet, entre outras. 

Low Carb: uma dieta simples e saudável!

Mas afinal, qual a vantagem de comer menos carboidratos?

Esse macronutriente estimula o acúmulo de gordura. Ou seja: quando comemos pães, massas, biscoitos, doces e tantos outros produtos ricos em carboidratos, nosso corpo automaticamente os transforma em glicose. Em outras palavras, o carboidrato que ingerimos se convertem em níveis excessivos de açúcar no sangue.  

Então nosso corpo percebe que precisa agir. Para reduzir essa quantidade de açúcar, o organismo libera insulina, que vai trabalhar em 3 frentes: primeiro, suspendendo a queima de gordura para, em seguida, converter açúcar em gordura e, por último, acelerar o estoque de gordura.  

O nível de açúcar no sangue vai até diminuir, mas você ainda terá insulina circulando ali, impedindo a gordura de se transformar em energia e acumulando-a mais e mais. 

 

E o que acontece quando o corpo está sem energia?

Sim, ele pede mais comida. Percebe como é um círculo vicioso que nos faz engordar?   

Pior: quase tudo em que encontramos uma grande quantidade de carboidratos está presente em alimentos processados que, por sua vez, são cheios de glúten e liberam uma grande quantidade de açúcar.  

 

A parte boa da dieta low carb

Quando reduzimos a ingestão de carboidratos, os níveis de insulina em nosso sangue caem significativamente. Sendo a insulina a responsável por “segurar” o excesso de gordura em nosso organismo, quando deixamos de comer carboidratos essa gordura é liberada e transformada em energia.  

Ou seja: baixo teor de carboidrato = queima de excesso de gordura. 

Mas mantenha a calma, meu abençoado(a). Não se trata apenas do que não consumir, mas também como vamos abastecer o nosso corpo. 

Os alimentos que devem ser consumidos em qualquer dieta Low Carb são hipoinsulínicos, ou seja, não estimulam a liberação de insulina. Isso faz com que seu corpo queime mais gordura para transformar em energia.  

 

Mas o que consumir na dieta low carb?

Alguns desses alimentos que você pode aumentar o consumo são:  

  • Abacate, morango, pêssego, melão e coco. 
  • Proteínas magras como peixes e aves sem pele e carnes magras como patinho, filé mignon e alcatra.
    Nozes, macadâmias, azeitonas, azeite.
  • Abobrinha, brócolis, couve-flor, acelga, cogumelos, aipo, tomate cereja, couve, agrião, pimentão, aspargos, abobrinha, berinjela, espinafre, pepino, cebola, chuchu, vagem, rúcula, escarola, alho-poró, aipo e alface. 

É muito importante entendermos que, ao adotarmos essa prática alimentar, a nossa principal fonte de energia serão os alimentos ricos em gorduras saturadas, monoinsaturadas e poli-insaturadas. Isso significa que apenas a gordura trans será excluída, como margarina, óleos hidrogenados e gorduras vegetais em alta temperatura para fazer frituras.  

 

Mais do que só emagrecer, você vai emagrecer com saúde

Existem alguns benefícios da dieta Low Carb que vão além da queima acelerada de gordura. Por exemplo: você não sentirá mais tanta fome, pois os carboidratos serão naturalmente substituídos por proteínas e gorduras. Os triglicerídeos, que são um fator de risco para doenças cardíacas, caem drasticamente. O HDL, colesterol bom, aumenta exatamente por incluirmos gorduras de boa qualidade na nossa dieta. Os níveis de insulina e glicose caem, diminuindo os riscos de diabetes tipo 2, entre outros.  

Então é simples, colega. Virar a chavinha para uma alimentação saudável sempre vai trazer uma série de vantagens. E a nossa intenção, aqui, é sempre te ajudar!  

 

Você já viu nosso Método de Transformação Low Carb? O primeiro sistema passo a passo com acompanhamento de nutricionista por 1 mês para você transformar sua saúde e seu corpo sem radicalismos e sem passar fome.  

Método Transformação Low carb

Antes de começar dieta ou restrição alimentar é sempre bom deixar claro: cada organismo reage de uma maneira deferente quando tentamos transformar os nossos hábitos. Por isso, consulte sempre um especialista

 

Por Silvio Figueira

Comente aqui

avatar