Endometriose: Doença que afeta mais de 6 milhões de brasileiras

A gente sempre trata todos os temas aqui do blog com bom humor e descontração, mas alguns assuntos são mais delicados. Hoje vamos falar sobre um problema que atinge cerca de 6 milhões de mulheres brasileiras em idade reprodutiva: ENDOMETRIOSE. 

Endometriose: Uma doença que afeta mais de 6 milhões de brasileiras

O QUE É? 

Durante o período fértil o endométrio, que é a mucosa que reveste a camada interna do útero, fica mais espesso para receber um óvulo fecundado. Porém, quando isso não acontece, ele se descama e suas células são expelidas pela menstruação. Isso explica as cólicas menstruais que todas as mulheres já sentiram pelo menos algumas vezes na vida. 

A endometriose ocorre quando as células do endométrio não são expelidas durante a menstruação e caem nos ovários ou cavidade abdominal. As mulheres estão sujeitas a esse risco desde a primeira até a última menstruação, mas seu diagnóstico costuma acontecer em torno dos 30 anos. A medicina ainda não foi capaz de explicar a causa exata da doença, mas as hipóteses mais plausíveis são: fator genético, possíveis deficiências no sistema imunológico e refluxo do sangue menstrual através das trompas para outros órgãos. 

 

SINTOMAS 

De acordo com a Associação Brasileira de Endometriose, entre 10% a 15% das mulheres em idade reprodutiva (13 a 45 anos) podem desenvolvê-la e há 30% de chance de que fiquem estéreis. Além das chances de infertilidade e dificuldade para engravidar, dores fortes também fazem parte do conjunto de sintomas. Elas podem vir como cólicas menstruais intensas, dores pré-menstruais, dor durante a relação sexual, dor crônica na região pélvica, fadiga e exaustão, alteração no intestino e/ou urinária durante a menstruação e fluxo menstrual acima do normal. Esses sintomas podem se manifestar de forma isolada ou vários juntos. 

 

DIAGNÓSTICO 

Para que se faça um diagnóstico correto, é necessário passar por exames físico (toque), imagem, como visualização das lesões via ultrassom endovaginal, ressonância magnética e um exame de sangue chamado marcador tumoral CA-125, que se altera nos casos mais avançados da doença. Mas para ter 100% de certeza é comum que os médicos peçam também uma biópsia. 

 

TRATAMENTO 

Uma vez que o diagnóstico é feito, é hora de ir para o tratamento, que pode ser a base de medicamentos, cirúrgico ou os dois juntos combinados. A decisão de qual é o melhor cabe ao médico ginecologista de acordo com cada caso. A endometriose não tem cura e os tratamentos existentes são para aliviar e amenizar os sintomas, especialmente a fertilidade. 

Em caso de cirurgia, normalmente a endometriose é removida através de uma laparoscopia. Durante o procedimento, são retirados seus focos ou complicações, como cistos. Porém, quando o caso é mais grave, pode ser preciso retirar o órgão afetado. 

Mas caso o médico decida pelo tratamento medicamentoso, antes de começar a tomar os remédios, a paciente é aconselhada e encaminhada a um centro de reprodução humana para fazer o congelamento de óvulos, pois a melhor alternativa para a mulher que possui endometriose e deseja ter filhos é a fertilização in vitro. As medicações indicadas são os analgésicos, anti-inflamatórios e análogos de GNRh (que podem causar uma série de efeitos colaterais). Como a doença está diretamente ligada ao hormônio feminino, mulheres jovens podem optar por tomar anticoncepcionais de forma contínua, sem pausa. Isso significa também que a endometriose regride espontaneamente com a menopausa. 

 

PREVENÇÃO 

Como não existem fatores determinantes comprovados para a causa da doença, a melhor prevenção é fazer consultas e exames periódicos e manter hábitos saudáveis. Existem teorias que relacionam o consumo de álcool e cafeína ao desenvolvimento da endometriose, enquanto outras dizem que a prática de atividades físicas diminui as chances de ter a doença. Mas, acima de tudo, conte tudo para o seu médico, até aquilo que você julgar sem importância, pois só ele pode decidir o que é comum ou não. Quanto antes for feito o diagnóstico, mais qualidade de vida você vai ter! 

 

Assinatura Desinchá

Comente aqui

avatar