Loja Oscar Freire

Loja Rappi

Lojas parceiras

Desinblog

Desinchef

E-books

Cursos

Quem somos

Trabalhe Conosco

Gordura x Carboidrato: qual o melhor para seu treino?

Gordura x carboidrato: quem sai ganhando na busca por performance para o seu treino?

Esse é o nosso assunto de hoje. Vamos falar das diferentes reações que a gordura e os carboidratos têm no nosso corpo. Mas antes, precisamos esclarecer uma coisinha aqui.

Alimentação saudável é uma coisa… Já uma dieta voltada para rendimento é outra completamente diferente!  

Dito isso, é importante também ressaltar que, para uma dieta correta para seu objetivo, é indispensável consultar um profissional. Para ser realmente assertivo, você precisa saber como seu metabolismo funciona. Você precisa saber qual a melhor escolha PARA VOCÊ.

Por exemplo: nos casos em que o metabolismo é bastante acelerado, a pessoa pode se beneficiar de dietas hipercalóricas. Mas calma lá! Nesse caso, quando falamos de calorias, estamos dizendo apenas de ingredientes de alta qualidade.

gordura x carboidrato


Gordura x Carboidrato: quais as melhores opções

No caso das gorduras, isso quer dizer:

  • Óleo de linhaça
  • Óleo de peixe
  • Azeite de oliva
  • Abacate
  • Nozes
  • Etc

No caso dos carboidratos, isso quer dizer carboidratos complexos e nutritivos:

  • Batata doce
  • Mandioquinha
  • Aipim / Mandioca / Macaxeira
  • Grãos integrais
  • Etc

Ou seja: isso não é desculpa para você se entupir de gordura hidrogenada, ultraprocessados e junk food.

Na disputa de gordura x carboidrato, a qualidade ainda é um fator essencial.

O carboidrato já é um pouco mais complexo: o fato dele ser o principal nutriente energético na alimentação das pessoas faz com que alguns pensem que, quanto mais comerem, mais energia vão ter. Mas nem preciso dizer que isso é um grande erro, né? Toda energia extra que você consumir, seu corpo armazenará em forma de gordura.  

Se o seu principal objetivo é eliminar gordura e construir massa magra, comer mais gordura do que carboidratos pode ser uma boa ideia. Isso não quer dizer que você deva cortar completamente os carboidratos, mas sim consumi-los estrategicamente em períodos que seu gasto energético será maior.  

No período de pré e pós-treino, onde o nosso corpo precisa de mais energia, podemos usar carboidratos como fonte de energia rápida. Isso vai repor o glicogênio perdido pelos músculos, evitando que ocorram picos de insulina e que seu corpo estoque energia extra. Quer dizer: causando o aumento de peso.

E aí, quem ganha essa disputa?

Lembre-se: o segredo é o equilíbrio entre DÉFICIT ENERGÉTICO x OFERTA ENERGÉTICA. Você precisa saber se o seu nível de atividade física e de ingestão de calorias está adequado. Afinal: 1 grama de gordura possui mais calorias que 1 grama de carboidrato. 

 

Comente aqui

avatar