Inchaço: Como acabar com a retenção de líquidos

 
Inchaço: Como acabar com a retenção de líquidos

Sabe aqueles finais de semana em que você come demais no fastfood ou bebe todas na balada e no dia seguinte acorda se sentindo inchado como um baiacu? Esse inchaço aparente pode significar que o seu corpo está com retenção de líquidos.

Cerca de 70% do nosso corpo é composto por água, que está presente no interior e no exterior das células. Quando o corpo não consegue se livrar da água que possui em excesso, esses líquidos saem dos vasos sanguíneos e se acumulam entre as células, no tecido subcutâneo (que fica logo abaixo da nossa pele), e é aí que a retenção de líquidos, também conhecida como edema, ocorre.

Sintomas da retenção de líquidos

O sintoma mais comum é o inchaço, que geralmente se localiza na barriga, nos pés, tornozelos, mãos e pernas, e nos causa um enorme desconforto. Aquela sensação horrível de corpo pesado, sabe?

Ainda podem ser observados outros sintomas, como pele ressecada, dores corporais, rigidez nas articulações, dificuldade na digestão, estresse, desconforto intestinal e mudanças constantes no peso corporal. A longo prazo, ainda pode provocar o agravamento e persistência da celulite.


Como saber se é inchaço ou gordura?

Na hora de encarar a balança, a retenção de líquidos pode “mascarar” o seu peso. Aqueles quilinhos a mais que você ganhou podem não ser de gordura corporal, e sim de água. O nosso corpo pode reter até 2 quilos de água em excesso.

A melhor forma de descobrir se você engordou mesmo ou se só está inchado é procurando uma avaliação médica, mas também é possível observar se o seu corpo fica com a marca das roupas no final do dia. Você pensou que aquela marca que a calça jeans deixa no seu corpo é normal né? Pois saiba que esse é um forte sinal de que o seu corpo está inchado.

Você também pode fazer um teste apertando o seu tornozelo com com os dedos em forma de pinça por 2 segundos. Se após retirar o dedo, a pele ficar com uma pequena depressão por mais que 3 segundos para sair, provavelmente você está retendo mais líquidos que o normal.


Causas da retenção de líquidos

As principais causas do inchaço estão relacionadas a alimentação inadequada e ao sedentarismo, mas mesmo que você tenha uma boa alimentação e faça atividades físicas regularmente, outros motivos podem contribuir para esse acúmulo de líquido no corpo.

Lembramos que é importante consultar um médico para diagnosticar as causas e avaliar qual o melhor tipo de tratamento para essa retenção.

Aqui vai a lista com os principais causadores desse problema:

  • Excesso de sal na dieta

  • Dieta rica em alimentos industrializados

  • Pouca ingestão de líquidos

  • Consumo insuficiente de proteínas

  • Ingestão de alimentos pobres em fibras

  • Consumo excessivo de frituras

  • Consumo de bebidas alcoólicas

  • Sedentarismo

  • Má circulação sanguínea

  • TPM (tensão pré-menstrual), período menstrual ou menopausa.

  • Gravidade (ficar muito tempo na mesma posição)

  • Gestação

  • Alterações hormonais

  • Uso de alguns medicamentos

  • Variações de pressão sanguínea

  • Problemas cardíacos


Como combater a retenção de líquidos

Agora que já sabemos o que é a retenção, quais suas causas e seus sintomas, está na hora de aprender a combater essa vilã. Mas lembramos que é importante consultar o seu médico antes de fazer qualquer alteração nos seus hábitos.

1. Alimentos diuréticos

Como o inchaço está diretamente ligado aos alimentos que você consome, a nossa primeira dica é aumentar a quantidade de consumo de alimentos saudáveis. Abuse do alimentos diuréticos! Eles são ótimos para eliminar os líquidos excessivos, e ainda ajudam a acelerar o metabolismo e desintoxicar o corpo. Veja quais são eles:

  • Melancia

Claro que ela não poderia deixar de estar no topo da nossa lista. A melancia é uma das frutas que possuem o mais alto teor de água, chegando a 92% da sua composição. Ela é rica em vitamina C, vitamina A e muitos compostos vegetais saudáveis. Sua combinação de água + uma pequena quantidade de fibras contribui para uma boa digestão, ajudando a eliminar os líquidos do corpo. E o melhor de tudo: Ela é refrescante e deliciosa. 😋

  • Morango

“E digo que ela significa pra mim, ela é um morango aqui do Nordeste” ♫♪

É difícil encontrar alguém que não gosta dessa frutinha refrescante né? Seja em sobremesas, tortas, bebidas ou até mesmo puro, essa frutinha é simplesmente deliciosa e faz muito bem para a saúde.

Rico em água e fibras, ele é ótimo para ajudar a manter o corpo hidratado e minimizar a constipação.

Te deu água na boca só de imaginar uma sobremesa feita com morangos né? Dá uma olhada nessa receitinha de Shake de morango com beterraba e Desinchá. Além de saudável, ela é deliciosa.

Já to indo preparar o meu!

 
 
  • Melão

O melão não poderia ficar de fora da nossa lista. Além de ser rico em água (dá pra sentir só de dar aquela bela mordida, Yuum), o melão também contém uma grande quantidade de potássio, magnésio, sódio e cálcio. Essa combinação de nutrientes é uma ótima opção para se manter hidratado ao longo do dia.

A fruta também é rica em fibra alimentar, que quando consumida com abundância ajuda a promover a regularidade intestinal e nos ajuda a cultivar bactérias boas no nosso intestino.


  • Abacaxi

Um suquinho de abacaxi agora cairia bem né?

Essa frutinha tropical contém uma grande quantidade de vitaminas (principalmente vitamina C), enzimas e antioxidantes.

Ele é anti-inflamatório, auxilia no funcionamento saudável do intestino e pode ser um ótimo aliado para prevenir a retenção de líquidos.


  • Tomate

Além de ser rico em água (95% da sua composição), o tomate contém uma grande quantidade de potássio, mineral que quando consumido ocasiona um aumento na produção de urina e diminui o nível de sódio do corpo. Ele é o companheiro perfeito para o próximo alimento da nossa lista.


  • Alface

Não são apenas as frutas que podem te auxiliar na hora de se livrar do inchaço, as verduras também são ótimas aliadas. Algumas verduras como a alface contém uma grande quantidade de água em sua composição, e também são ótimas fontes de potássio.

Ela é o match perfeito para o tomate né?! Bora preparar uma saladinha deliciosa. 😋


  • Pepino

O pepino é ótimo para hidratar o corpo, por conter bastante água (96% da sua composição).

Ele é rico em vitaminas e minerais importantes, é antioxidante, ajuda a prevenir a constipação, e de acordo com esse estudo ainda pode reduzir o nível de açúcar no sangue.

Que tal aproveitar todos os seus benefícios tomando um Desinchá bem gelado com algumas rodelas de pepino?


2. Diminuir o sal

Também é importante tomar cuidado quanto aos alimentos que podem estar contribuindo para esse inchaço. Quando ingerimos uma grande quantidade de sódio, o nosso corpo precisa reter uma quantidade maior de líquido para diluí-lo, e é aí que surge todo o problema.

O nosso maior vilão repleto de sal é o fast food. Não é novidade para ninguém que esses lanches fazem muito mal para a saúde né?

Mas não se preocupe, ao diminuir o sal sua comida não irá ficar sem gosto. Você pode substituí-lo por ervas aromáticas como salsinha, orégano e manjericão, por exemplo. Sua comida vai ficar muito mais deliciosa.


3. Evitar comer carboidratos refinados

Os carboidratos refinados podem ser verdadeiros venenos para o seu corpo, quando consumidos em excesso. Você já parou para pensar na quantidade de carboidratos presente naquele biscoito recheado que você comeu no café da manhã?

São aproximadamente 70g de carboidratos (41 gramas de açúcar) em uma porção de 100g de biscoitos. Assustador né? Quase metade do pacote é composto apenas por açúcar.

Alguns alimentos ricos em carboidratos refinados são o arroz branco, o macarrão, os doces, os pães e bolos, os refrigerantes e até mesmo algumas frutas.

Quando consumidos em excesso, os carboidratos refinados causam inchaço no corpo, aumentam a quantidade de gordura corporal contribuindo muito para o ganho de peso, roubam toda a sua energia e ainda pode provocar doenças como o diabetes.

E se mesmo assim você não quiser se livrar dos carboidratos, sempre opte pelos cereais integrais, e substitua o açúcar por adoçantes naturais como o stevia ou xylitol sempre que possível.

É preciso tomar bastante cuidado. O açúcar pode estar escondido em vários alimentos que consumimos, até mesmo nos que dizem “sem açúcar”, dificultando a perda de peso. Por isso é importante sempre ficar de olho nos rótulos e aprender a identificar os nomes de açúcar mais utilizados pela indústria.

4. Exercícios

Não preciso nem falar da importância de se movimentar ne? Os exercícios físicos trazem inúmeros benefícios para o nosso corpo, e um deles é estimular a circulação sanguínea e o fluxo de líquidos e nutrientes pelo corpo, o que ajuda na prevenção e tratamento contra a retenção de líquidos.

Os exercícios aeróbicos são os mais indicados para esse propósito, e você nem precisa pagar academia para desfrutar deles. Além de aumentar significamente a sua qualidade de vida, esses exercícios ainda te ajudam a queimar calorias e perder aqueles quilinhos extras.

Veja quais são alguns deles:


  • Caminhada

E isso não significa necessariamente que você precisa caminhar por vários quilômetros todos os dias para ser uma pessoa saudável. Caminhar até o supermercado ou até o ponto de ônibus já pode ser muito benéfico para o seu corpo.

E resistindo a tentação de chamar um Uber para todo lugar que você for, você ainda economiza um dinheirinho que pode usar para outras coisas legais, como aquela viagem que você sonha a muito tempo.


  • Corrida

Se você já está acostumado a caminhar, que tal evoluir um pouco o desafio e começar a correr por alguns minutos? A prática libera os “hormônios do prazer” (como a endorfina), o que melhora muito o humor e a auto-estima.

Correr acompanhado de um amigo pode ser uma atividade bem divertida e fazer muito bem para a sua saúde física e mental.


  • Bicicleta

Passear de bicicleta pode ser uma ótima atividade para fazer no seu tempo livre. Além de desinchar e ajudar na perda de peso, esse exercício fortalece os músculos das pernas e do bumbum.

Que tal fazer uma trilha de bike com os amigos para algum lugar bem lindão? Existem vários locais que fazem aluguel de bicicletas, e pode ser uma ótima opção para quem não tem uma bicicleta em casa.


  • Pular corda

Pular corda era uma das brincadeiras favoritas da infância de muita gente né? Ah, que nostalgia!

E essa brincadeira pode fazer muito bem para a saúde do corpo, e é uma ótima forma de queimar calorias (É possível perder até 650 calorias em 1 hora).

Mas não são apenas as crianças que podem se divertir. Nós já falamos aqui uma vez que com o passar dos anos a nossa mente se torna tão obcecada com o trabalho que nos esquecemos que brincar é um remédio instantâneo para aliviar o stress.

Será esse o segredo da energia inesgotável das crianças?


  • Dançar

Além de ser divertida, essa prática faz muito bem para a sua saúde. Dançar durante uma hora (aproximadamente 15 músicas) te faz gastar entre 500 e 800 calorias. Bora mandar o sedentarismo embora?

E não tem problema se você não gosta de dançar nas festinhas, você pode dançar na sua casa mesmo. Já tentou jogar Just dance? Seria um jeito muuuito legal de começar.


5. Beber água

O consumo de quantidades adequadas de água é de extrema importância para se livrar do inchaço, já que a desidratação é um dos principais fatores que causam a retenção de líquidos.

O nosso corpo precisa de água para manter a hidratação, estimular o funcionamento dos rins, garantir o funcionamento adequado do organismo e para eliminar as toxinas e o sódio na urina. Por isso é importante tomar pelo menos 35ml de água por cada kg de peso corporal. Por exemplo, uma pessoa que pesa 50kg precisa beber 1 litro e 750ml de água por dia.


6. Aumentar a ingestão de magnésio

O magnésio pode ser uma ótima arma contra a retenção de líquidos, principalmente se ela for causada pelas alterações hormonais durante a TPM.

Adivinhem qual alimento delicioso é uma ótima fonte de magnésio? Isso mesmo chocólatras de plantão, é o chocolate!

Mas não estamos nos referindo aqueles chocolates cheios de açúcar, hein? O chocolate que devemos consumir é o chocolate amargo, aqueles com 50% cacau ou mais (e sempre com moderação, não vá comer uma barra inteira de uma vez).

Também podemos encontrar magnésio na banana, no abacate, nozes, castanhas, e em alguns peixes como o salmão e o cavala.

7. Aumentar a ingestão vitamina B6

A vitamina B6 também é ótima para aliviar o inchaço durante a TPM, como mostra esse estudo, e para manter o metabolismo funcionando direitinho. Dentre os alimentos ricos dessa vitamina, podemos citar a banana, as nozes, a carne de boi, o frango, ovos, peixes, cenoura, milho e batata.


8. Aumentar a ingestão de potássio

E a nossa última sugestão de alimentos são os ricos em potássio. Eles auxiliam no tratamento contra a retenção de líquidos aumentando a quantidade de urina e diminuindo os níveis de sódio do corpo.

Alguns alimentos ricos em potássio são a banana, o abacate, o tomate, a beterraba e o espinafre, muitos dos quais nós já indicamos aqui.


9. Evitar ficar muito tempo na mesma posição

Ficar muito tempo parado na mesma posição, seja sentado, deitado ou em pé, também pode causar inchaço, principalmente nas pernas e nos pés, devido a força da gravidade.

Evitar isso pode ser um tanto complicado para quem trabalha sentado o dia inteiro, mas uma ótima dica é fazer pequenas pausas para se movimentar durante o expediente e colocar as pernas para o alto no fim do dia.


10. Drenagem linfática

A drenagem linfática, muito comum nas clínicas de estética é outra ótima opção para se livrar do líquido excessivo. Essa prática consiste em uma massagem localizada com movimentos repetitivos, que pode ser realizada com as mãos ou com equipamentos especializados.

Se você não tem dinheiro para investir em um centro de estética, pode massagear os locais afetados em casa mesmo, com a ajuda de um bom creme.


11. Remédios diuréticos

Existem também alguns remédios que podem ser usados no tratamento de edema, como o Diurix, o Burinax e o Clortalidona, mas somente devem ser tomados em casos avançados e com prescrição médica. Nunca tome nenhum medicamento sem consultar seu médico antes, ok?


Mas quando procurar um médico?

Apesar de ser considerado um problema comum, a retenção de líquidos pode estar relacionada a algum problema de saúde mais grave, como o edema pulmonar, a trombose ou acúmulo de fluidos nos pulmões.

Por isso lembramos que é de extrema importância consultar um médico caso tenha histórico médico antecedente ou caso o inchaço seja acompanhado de outros sintomas como  dificuldade ao respirar, feridas na pele ou dor no peito.


Retenção de líquidos na gravidez

É muito comum as mulheres se queixarem de inchaço no corpo durante a gestação, devido às intensas alterações hormonais que ocorrem nesse período.

Algumas das dicas que listamos aqui podem ser aproveitadas para diminuir o inchaço das mamães, mas é preciso redobrar o cuidado e não fazer nenhuma alteração sem antes consultar um médico.

Outra dica valiosa é fazer pequenas pausas para descansar as pernas ao longo do dia, sempre com as pernas elevadas. Também é interessante usar meias elásticas para ativar a circulação.


A retenção de líquidos pode ser um incômodo para muita gente, mas com essas dicas é possível diminuir (e muito) o inchaço do corpo. O importante aqui é levar uma vida mais saudável e sentir bem consigo mesmo. 💚


Escrito por: Jayne Gomes
🍃 Equipe Desinchá 🍃

 
SaúdeJayne GomesComentário