Os superpoderes das palavras

“As palavras têm poder”. Provavelmente você já ouviu essa expressão em algum momento da sua vida, mas será que ela faz sentido? 

Desde pequeno, meus pais e avós me corrigiam quando eu dizia algo que eles se sentiam desconfortáveis. Pediam para eu tomar cuidado com o que desejava ou atraía para dentro de casa. Eu achava tudo isso uma bobagem, mas sentia um pouco de medo (confesso). Para vocês terem noção, vou listar o significado das palavras amaldiçoadas:  

 

  1. Desgraça: era dizer isso, eu estaria invocando as trevas; 
  2. Maldito: me sentia a própria rainha má, lançando pragas e maldições na vida da família toda; 
  3. Burro/Idiota: atraso de vida para todos os parentes; 
  4. Miserável: pobreza eterna; 
  5. Inferno: preciso nem explicar né? 
  6. Danado: essa é a minha preferida, pois ela tinha o poder da condenação eterna no fogo do Inf… ops, essa palavra não pode falar também!!! 
     

Temos que aceitar: as palavras são poderosas, sim. E se você for como eu, que precisa de mais do que só as crenças dos avós para acreditar em algo, tenho que te dizer que já foram feitos diversos experimentos que comprovaram que as palavras possuem vibrações diferentes. Como se elas tivessem almas (sinistro não?!).

Os superpoderes das palavras

Um experimento que ficou comum entre estudantes, demonstrou que dois frascos de arroz, quando receberam palavras de amor e ódio, sofreram consequências diferentes. 
 
O experimento: 

 

  1. Pegaram dois frascos de vidro com a mesma quantidade de arroz dentro; 
  2. Em um dos frascos, xingaram os grãos de arroz, os desmotivaram e disseram palavras de ódio.  
  3. No outro frasco, encorajaram os grãos de arroz, os elogiaram e disseram palavras de amor.  
  4. No frasco do amor, o arroz fermentou naturalmente. Portanto, no frasco do ódio os grãos emboloraram.  
     

Para deixar o assunto um pouco mais inteligente, cito a “Teoria de Emoto” (essa pesquisa tem suas oposições. Por agora, vamos viver um conto de fadas). Emoto foi um cientista que congelou água em frascos de vidro com palavras positivas e negativas fixadas.  Como você já deve esperar, teve o efeito milagroso e o bem venceu mais uma vez. Os mais belos cristais fotografados, estavam na água “positiva”.  
 
Voltando para o ensino fundamental, vamos lembrar que nosso corpo é de 70% a 75% água. Então, imagina quantos lindos e magníficos cristais teremos se só ouvirmos palavras boas? 
 
Podemos já concluir que as super palavras têm superpoderes que podem fazer o papel de heroínas ou vilãs. 
 
Como diz expressão popular: “três coisas na vida que não voltam atrás: a flecha lançada, a palavra dita e a oportunidade perdida”. Quando no calor do momento soltamos aquela palavra mal colocada que pode destruir alguém, percebemos como essa frase é real.  Só que, muitas vezes, isso se torna tão clichê que perdemos a responsabilidade e controle delas. 
 
Eu já conheci pessoas que batiam os pés e tinham orgulho de “falar o que pensam”, “sinceras que não levam desaforo para casa”. Geralmente essa galera me causava um certo desconforto. Porque é valioso entender que todos passam por um conflito com suas emoções, e se temos o desejo de ouvir de alguém um – “nunca me esqueci daquilo que você me disse”, é importante praticar a empatia. 
 
Claro, não estamos felizes e radiantes todos os dias, mas se as palavras têm poder de destruir e desanimar, elas também podem elevar e animar. E, quando estamos animados, nos sentimos mais dispostos a realizar nossas atividades, temos esperança mesmo quando tudo está dando errado, atraímos pessoas positivas para nos dar suporte e tudo isso nos deixa mais saudáveis mentalmente, logo fisicamente. Então, se você tem desejo de ser uma pessoa com um brilho diferente, tenho algumas dicas:   

  1. Reclame menos, agradeça mais (bem clichê, mas deixa seu interior melhor, acredite); 
  2. Antes de dizer algo à outra pessoa, diga a você mesmo; 
  3. O que será dito, é construtivo? Se não, guarde para você; 
  4. Elogie mais; 
  5. Lembre-se das pessoas que te aconselharam, qual o sentimento que você tem por elas? Você gostaria de causar o mesmo a outros? 

Não se esqueça, a nossa passagem aqui é breve, podemos marcar a vida de muitos, só basta você decidir quais marcas quer deixar. 

Assinatura Desinchá

14
Comente aqui

avatar
12 Comentários
2 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
12 Comment authors
Marlene Barros de SouzaValdir FernandesAndresa BadialliFernanda AzevedoElaine C R Ferrari Recent comment authors
newest oldest
Fernanda Santos da Silva
Visitante
Fernanda Santos da Silva

Só li verdades, que texto maravilhoso!

Thayná Ramos
Editor
Thayná Ramos

Ficamos felizes que tenha gostado Fê! 💚

Érica
Visitante
Érica

Sábias palavras…

Thayná Ramos
Editor
Thayná Ramos

Obrigada Érica !! 💚

Isabela
Visitante
Isabela

Nossa! Gostei muito!!!

Jessica Ramos da Silva
Visitante
Jessica Ramos da Silva

Sou apaixonada pelos emails de vcs
Só agradecer a Deus!!
Parabéns desincha 😃

Jessica Ramos da Silva
Visitante
Jessica Ramos da Silva

Nossa!! Que incrível ler tudo isso
Amo receber seus emails

Gladis Helena
Visitante
Gladis Helena

eu creio no poder das palavras.

Ana celia
Visitante
Ana celia

Estou tentando deixar de falar certas palavras . Pois tenho uma experiência. Quando os médicos me disseram que eu estaria com Colite, aguda. Entrei na meditação passei a agradecer mais por tudo,até por um grampo perdido. Depois de dois anos. Fiz o colonoscopia e não acharam mais nada. Observação, os médicos não me passaram remédio nenhum. Além das meditações mudei meus hábitos alimentar

Elaine C R Ferrari
Visitante
Elaine C R Ferrari

Simplesmente AMEI esse post, como me fez refletir, o melhor de todos foi “ Antes de dizer algo à outra pessoa, diga a você mesmo”, pura verdade né, porque muitas vezes falamos aos outros palavras que não gostaríamos de ouvir, né não???
Melhor pensar antes de falar né 😉🤭👏🏻👏🏻👏🏻

Fernanda Azevedo
Visitante
Fernanda Azevedo

Texto maravilhoso

Andresa Badialli
Visitante
Andresa Badialli

Lindo texto…..sabias palavras……

Valdir Fernandes
Visitante
Valdir Fernandes

Estamos vivendo uma sociedade, que nos molda a dizer o que de fato é interessante. Vivemos, consumimos e nos vestimos, conforme a sociedade nos impõe. Precisamos mudar isso, quebrar as crenças e viver uma vida livre. Livre e com livros! Muito bom o texto. Forte abraço.

Marlene Barros de Souza
Visitante
Marlene Barros de Souza

Boa noite!
verdade, temos que pensar antes de falar! pois eu acredito no poder das palavras!!