5 motivos para partir para uma dieta vegetariana 

No Brasil, 29 milhões de pessoas pararam de comer carne. Este texto não tem como objetivo tornar você uma delas (mas se quiser, você pode!)  

A dieta vegetariana entra no radar como sendo uma opção para variar o cardápio, criar novos hábitos e testar o corpo e a mente.

Para a maioria das pessoas, a opção por esse tipo de alimentação tem a ver com saúde, economia (porque carne é caroooo), com o meio ambiente e com a causa animal, mas ainda tem outro motivo que muita gente desconhece.

5 motivos para partir para um dieta vegetariana 

Conheça 5 motivos para partir para um dieta vegetariana 

Animais | Apesar das marcas de carne terem frangos e vacas felizes como mascotes, o abate na indústria é violento. Os animais são capazes de sentir prazer, dor e felicidade, mas, como no supermercado eles estão já cortados em uma bandeja, não conseguimos nos conectar ao seu sofrimento. 

Meio Ambiente | Segundo a Sociedade Vegetariana Brasileira, o setor agropecuário é o principal responsável pelo desmatamento da Amazônia e emissão de gases estufa. 

Saúde | Estudos mostram que pessoas que seguem uma dieta vegetariana têm menor incidência de todas as doenças crônicas como hipertensão, diabetes, câncer, obesidade, entre várias outras. 

Economia | As proteínas vegetais são muito mais baratas que proteína animal e podem ser encontradas com muito mais facilidade e variedade. 

Violência | Em 2015, a revista Society and Animais publicou um estudo comprovando que trabalhadores de matadouros são mais propensos à violência doméstica e crimes violentos, como assassinato e estupro. Um dos motivos é que a indústria da carne e do abate os torna insensíveis ao sofrimento, fazendo com que eles sejam agressivos também contra seres humanos. 

 

É importante entender que comer carne não é só uma questão de menu, mas também de consciência sobre o presente. Com todos esses dados, vemos que é preciso ter equilíbrio sempre para que a gente continue convivendo em harmonia. 

Que tal, então, começar uma segunda sem carne? 

 

 

Fontes: Sociedade Vegetariana Brasileira  

JusBrasil      

IBOPE 2019 | Revista Menu 

 

Assinatura Desinchá

Comente aqui

avatar