Pró-idade: um manifesto

Pró-idade: um manifesto

Tenho uma notícia para você: a menos que a gente morra jovem, todos nós vamos envelhecer. Sim, é óbvio… Porém essa parece uma daquelas verdades inconvenientes que preferimos negar.

Nós observamos de perto a indústria de saúde e bem estar, e não é de hoje que começou uma certa tendência anti-idade. Creminhos, séruns, suplementos, tratamentos, etcetc, etc. A indústria parece ter abraçado esse conceito o mais apertado que conseguiu. Talvez até a gente tenha deslizado nos nossos conteúdos, mas é algo no qual queremos prestar atenção. 

Porque existe por aí um mito de que a juventude é a vida inteira, não apenas uma fase. E para mudar a forma como encaramos o processo de envelhecer, primeiro é preciso mudar a forma como falamos sobre ele.

Óbvio que queremos envelhecer com saúde, cuidando do nosso corpo e da nossa mente do melhor jeito possível, combatendo a oxidação dos nossos tecidos, e levando uma rotina ativa. Mas isso não significa que estamos escondendo a nossa idade ou desafiando a passagem do tempo. Quer dizer que estamos buscando celebrar a vida, independente da fase pela qual estamos passando.

Anti” traz a ideia de que algo deve ser combatido. É só pensar em antidepressivos, anti-vírus, anti-inflamatórios… E nossa idade não é para ser combatida. É para ser aproveitada! 

Idoso andando de skate

Nosso tempo na Terra é limitado e precioso. É uma oportunidade para fazer cada dia valer à pena.

A linguagem que usamos é importante. Ela define nossa visão de mundo e influencia o jeito como pensamos sobre as coisas. 

Então que tal se nós decidíssemos ser PRÓ?   

Pró-experiência.
Pró-saúde.
Pró-qualidade-de-vida-independente-da-idade.
Putz… Pró-idade!  

E se, ao elogiar uma mulher mais velha, não usássemos qualificadores como: “ela é bem bonita… para a idade dela”? E se a gente só falasse: “ela é bem bonita, ponto.”? 

Idosa usando óculos escuros

Aqui acreditamos DEMAIS no poder de microrrevoluções. Por isso batemos tanto na tecla de que tirar 5 minutinhos pra preparar e degustar um Desinchá como um ato de autocuidado. E por isso pequenas atitudes – ex. mudar a forma como falamos sobre envelhecer, ser pró-idade – pode ser um primeiro passo para celebrar uma vida longa e saudável. 

Assinatura Desinchá

Comente aqui

avatar