Protetor Solar: para você não lembrar dele só na praia

Quando eu era criança, minha família tinha apartamento na praia e desde os 6 meses de vida minhas viagens favoritas são as que tem mar, areia e sol. Num outro post aqui do blog, sobre Vitamina D, eu já declarei meu amor pelos raios solares (confere lá que tem muito a ver com esse tema aqui). Lembro bem da alegria que era acordar nas férias com o caminhão da Ultragaz tocando aquela musiquinha passando na porta do prédio, do desespero em acordar todo mundo pra ir até a praia (como se ela fosse um avião que pudesse ir embora sem a gente) e da agonia que era ter que passar protetor solar…

Minha mãe sempre me falou da importância de proteger a pele e me tirava do mar pra passar mais uma camada do creminho. Eu odiava porque ficava com o corpo cheio de areia e sal e aquele esfrega-esfrega, “pra não deixar nada branco, senão mancha”, como ela dizia, parecia mais uma esfoliação. Aprendi a espalhar bem o protetor e continuo odiando ter que passá-lo.  

Claro que esses anos de expertise não superaram minha teimosia. E graças a ela, perdi as contas dos dias de sol que deixei de pegar porque estava ardendo ou com insolação. Em compensação, aprendi a lição e me preocupo muito mais com as consequências da exposição solar. 

Pra deixar as informações mais diretas, vou expor as dúvidas que eu tinha e fazer valer a máxima dos professores: sua dúvida pode ser a mesma do seu colega. 

Protetor Solar: para você não lembrar dele só na praia

Como o protetor (ou filtro) solar age? 

Ele protege a pele dos raios UVA e UVB. UV é a sigla para Ultravioletas e as letras A e B são suas classificações. Os UVBs podem causar queimaduras pois, sem a proteção adequada, atingem a epiderme, camada que vem logo abaixo da pele. Mas os mais perigosos são os UVAs. Esses raios vão direto para a derme e hipoderme (camadas mais profundas) e, com o tempo, causam envelhecimento precoce da pele, surgimento de manchas e pode levar ao câncer.  

Para ser eficaz e combater esses riscos, a composição química do protetor solar contém moléculas aromáticas conjugadas com grupos carbonila. Quando atingem a pele, os raios UVs são absorvidos por essa combinação. Após a absorção, as moléculas se agitam e voltam ao seu estado normal em seguida. Todo esse processo faz com que a pele receba uma quantidade menos agressiva da energia solar e reflita o restante.    

 

O que é FPS? 

FPS = Fator de Proteção Solar. Os mais comuns encontrados no mercado vão de 4 a 60 e diferente ao que muita gente pensa, ele não está relacionado à potência de proteção, mas sim ao tempo que a pessoa pode ficar exposta ao sol antes que a pele comece a apresentar vermelhidão ou ardor. Ou seja, se sem proteção você consegue ficar 10 minutos no sol sem arder, utilizando um protetor com FPS 15, você ficará protegido por 150 minutos (tempo x FPS). 

  

Se eu usar protetor não vou me bronzear? 

Sim, o bronzeamento ocorre, porém da forma correta. O uso do protetor faz com que os raios mais agressivos sejam absorvidos de forma saudável. Então sua pele vai ficar bronzeada e não torrada. O bronzeado de quem usa protetor também é mais duradouro, já que o risco de descascar é bem menor. 

 

Qual a diferença entre protetor e bloqueador solar? 

O protetor solar, como já explicado, transforma os raios UV e os deixam inofensivos para a pele. O bloqueador, como o nome já diz, impede qualquer absorção da radiação solar, refletindo-os quando atingem a pele. Sua fórmula normalmente contém óxido de zinco ou dióxido de titânio e quando aplicado deixa a pele opaca e esbranquiçada, impedindo o bronzeamento.  

 

Tem que usar protetor mesmo quando não estamos no verão? 

SIM!!!!!!!!!! No verão, a incidência de radiação UVB é maior, mas os raios UVAs estão presentes durante o ano todo, independente da estação ou clima. E com a destruição da camada de ozônio, eles incidem de forma ainda mais agressiva. 

Bom, acho que ficou bem explicado que protetor solar é um item indispensável, não importa a ocasião. E se você tem alguma alergia a eles ou problemas com o sol, vá ao dermatologista! Só um profissional capacitado vai te ajudar a ficar tranquilo e protegido o ano todo.   

Assinatura Desinchá

 

FONTES 

https://pt.wikipedia.org/wiki/Filtro_solar#Mecanismo_de_a%C3%A7%C3%A3o  

https://novaescola.org.br/conteudo/1140/como-funciona-o-protetor-solar 

https://super.abril.com.br/comportamento/o-que-sao-os-numeros-fps-no-protetor-solar/ 

https://www.uai.com.br/app/noticia/saude/2015/01/27/noticias-saude,188193/qual-e-a-diferenca-entre-protetor-e-bloqueador-roupa-com-protecao-sol.shtml 

Comente aqui

avatar