Loja Oscar Freire

Loja Rappi

Lojas parceiras

Desinblog

Desinchef

E-books

Cursos

Quem somos

Trabalhe Conosco

Slow carb: regras e benefícios da dieta

A dieta slow carb é aquela em que se consome carboidratos com baixo índice glicêmico. Como vimos no nosso post que a diferencia da dieta low carb, são esses carboidratos que evitam picos glicêmicos, fazendo com que nós fiquemos com a energia estável ao longo do dia. Cenoura, lentilha, feijões e ervilha são só alguns exemplos. Mas nossa proposta aqui é falar das regras e dos benefícios da slow carb! 

slow carb


Regras da dieta slow carb
 

O norte-americano Tim Ferriss, que escreveu o livro 4 horas para o corpo, criou a dieta slow carb em 2010. Em sua visão, a perda de gordura corporal pode ocorrer otimizando exercícios, dieta (caso em que se encaixa a slow carb) ou regime de suplemento.

O escritor aponta 5 regras básicas da dieta slow carb: 

  1. Evite carboidratos “brancos”: alimentos processados de farinha refinada não são incluídos na dieta. Nada de macarrão, pão e cereais se você quer perder peso. Mas, caso pense em aumentar força, o consumo deve ocorrer 30 minutos após o término do treino de resistência. 
  1. Caia na rotina alimentar: mesmo com muitos alimentos disponíveis, poucos são os que não causam ganho de peso. Por isso, combine alimentos permitidos e cada grupo para criar suas refeições e coma as mesmas várias vezes. 
  1. Não gaste calorias com bebidas: na dieta slow carb, recomenda-se ingerir muita água, chá e café sem açúcar, ou outra bebida sem calorias. Gaste calorias com alimentos nutritivos!
  1. Evite as frutas: ainda que sejam parte de uma alimentação balanceada, a maioria das frutas não são úteis para a perda de peso. Afinal, o açúcar das frutas (frutose) aumenta os níveis de gordura no sangue e diminui a capacidade de queima de gordura. Algumas frutas estão liberadas: abacate, limão e frutas vermelhas, por exemplo, que têm baixo índice glicêmico. 
  1. Tire uma folga por semana: coma o que quiser sem seguir qualquer regra em um dia da semana, evitando que o estresse de fazer uma dieta tome conta. 

“Pronto! Não sobrou nada para comer” 

Não é bem assim! Laticínios (exceto queijo cottage) e frituras nem pensar, é verdade. Mas pode comer abacate (até 150g). Você pode comer proteínas (o que inclui proteína vegetal, para os veganos), leguminosas (feijões, lentilha…), vegetais (especialmente os verdes, como espinafre, brócolis, couve, aspargos e vagem), gorduras (manteiga, azeite de oliva, nozes, óleo de semente de uva) e temperos (sal, alho e ervas). 

 

Benefícios 

A dieta slow carb pode trazer benefícios a seus adeptos, como perda de peso, menor risco de desenvolver diabetes e pode manter o bom humor. Vamos falar sobre eles agora!

#1 Perda de peso 

A slow carb promove a perda de peso por aumentar a taxa metabólica do indivíduo e sua capacidade de queima de gordura. Com um café da manhã rico em proteínas, por exemplo, aumenta a sensação de saciedade e impede o armazenamento de gordura. 

#2 Menor risco de desenvolver diabetes 

Os carboidratos são nossa fonte de energia primária. Eles são diferentes entre si: alguns possuem índice glicêmico alto (a glicose dos carboidratos vai rapidamente da corrente sanguínea ao interior das células), enquanto outros têm baixo índice glicêmico (a glicose demora mais para chegar às células).  

No primeiro caso, os alimentos provocam picos de insulina. Se a insulina não dá conta de metabolizar a glicose, o açúcar fica no sangue e aumenta as chances de desenvolver diabetes. Como a slow carb é baseada em carboidratos de baixo índice glicêmico, a insulina consegue metabolizar a glicose sem dificuldades. 

#3 Bom humor 

Os carboidratos da dieta slow carb possuem baixo índice glicêmico, como apontamos antes. E eles se associam à produção de serotonina, um dos 4 hormônios das felicidades. Seu bom humor agradece.  

Isso é, inclusive, um dos motivos pelos quais algumas pessoas escolhem a slow carb ao invés da low carb. Uma dieta low carb restrita pode causa uma baixa no humor por desregulação na produção desse hormônio.  

E o que dizer daquela sensação maravilhosa (que, na verdade, é péssima logo em seguida) que nos toma quando consumimos muito açúcar?  O pico glicêmico provoca uma sensação de energia e bem estar, né? Mas por pouco tempo. Os índices caem bruscamente e causam desânimo, fadiga, cansaço. 

A melhor opção é, sem dúvidas, ter um humor mais equilibrado.

 

Pra fechar aqui…

Adotar uma dieta slow carb pode trazer muitos benefícios. O importante, porém, é ter em mente que a reeducação alimentar é a chave da perda de peso saudável. Aliada a bons hábitos, como o consumo de chás deliciosos, como o Desinchá, é mais fácil perder as gordurinhas indesejadas. 

Desinchá sabores

Comente aqui

avatar