Loja Oscar Freire

Loja Rappi

Lojas parceiras

Desinblog

Desinchef

E-books

Cursos

Quem somos

Trabalhe Conosco

Tudo sobre a dieta 5.2: como ela é diferente de outros tipos de jejum

O jejum intermitente é sobre um padrão de alimentação com restrição de tempo, esse hábito foi estudado e desenvolvido por sua capacidade de controlar o peso e diminuir o risco de doenças metabólicas. Existem várias maneiras de fazer o Jejum intermitente, mas todos eles têm o mesmo princípio básico: abster-se de comer durante determinados períodos e comer durante outros. Se jejuar todos os dias parece muito difícil, você pode preferir a dieta 5.2.

dieta 5.2

 
Tá, mas o que é a Dieta 5.2?  

A estratégia 5.2 é uma forma de jejum intermitente que ficou famosa no mercado britânico através do autor de “A dieta de 2 dias” Michael Mosley. A dieta foi desenvolvida em resposta aos problemas de saúde de Mosley. Depois de seguir o plano de refeições, ele notou uma diminuição no seu colesterol. 

Durante os dois dias de “jejum”, a médica de medicina integrativa Amy Shah, M.D., indica comer cerca de 25% da sua ingestão calórica normal (cerca de 500 a 600 calorias). Nos cinco dias restantes, você segue uma dieta normal e saudável, importante ressaltar aqui que a sua alimentação deve ser balanceada e acompanhada por um profissional, tá bem? 
 
Praticar o jejum em dias selecionados da semana torna a dieta 5:2 única, bem diferente de outras variações do Jejum Intermitente, que nos limitam a comer em janelas de 12, 8 ou 6 horas todos os dias. 
 

O que você pode comer na dieta 5.2? 

Obvio que aqui o seu nutricionista pode te indicar melhor qual a alimentação que vai funcionar melhor para você e manter seu organismo saudável. 

Mas para você ter uma ideia, de acordo com o médico integrador Bindiya Gandhi, MD, você pode ingerir alimentos “normais” na dieta 5:2, e isso inclui também o consumo de álcool, moderadamente – claro – ou seja, diferente de outras dietas, você não precisa eliminar ou restringir nenhum grupo de alimentos. 

No entanto, para que a dieta seja saudável e eficaz, é melhor você priorizar alimentos ricos em nutrientes. 

“Nos dias restritos, o tipo de calorias consumidas é tão importante quanto o número de calorias”, diz Pedre. “O foco precisa estar em alimentos integrais: proteínas, gorduras saudáveis ​​e vegetais”.

Se você quer mais informações sobre isso, dá uma olhada na aula ao vivo que fizemos com a nutricionista Ana Paula Montemor lá no nosso instagram. É só clicar na imagem abaixo.

 

Benefícios da dieta 5.2

A dieta 5:2 mostra benefícios especialmente protetores contra qualquer tipo de doença, por equilibrar o consumo do seu organismo. Além disso, “os benefícios do jejum intermitente são todos iguais”, diz Gandhi. 

Alguns desses benefícios incluem tratos do intestino e acalmar a inflamações internas, diz Shah. Os períodos de jejum mostram estas respostas anti-inflamatórias comprovadas: 
 
1. Alterações positivas na composição geral da microbiota intestinal. 
2. Redução da resistência à insulina. 
3. Aumento da resposta imune nas células. 
4. Produção de um composto (β-hidroxibutirato) que bloqueia parte do sistema imunológico envolvido em distúrbios inflamatórios como diabetes, artrite reumatóide ou doença de Alzheimer. 
5. Redução significativa de marcadores inflamatórios (citocinas, proteína C-reativa). 

 
A dieta 5.2 é uma maneira saudável de perder/ controlar o peso? 

A dieta 5.2 pode levar à perda de peso, diz Shah, supondo que você não esteja comendo demais nos outros cinco dias. No entanto, geralmente não é sustentável a longo prazo. 

Pode ser difícil aderir aos dois dias restritivos, explica Gandhi, e às vezes as pessoas comem demais quando o jejum acaba, o que pode inibir a perda de peso. 

Ter um plano de refeições 5:2 pode ser uma boa maneira de iniciar uma jornada saudável de perda de peso. Aprender a fazer a transição para um plano alimentar saudável e de longo prazo depois, no entanto, é essencial.  
 
Por isso a gente repete aqui pela terceira vez, um nutri é FUNDAMENTAL para que você atinja os resultados que espera, de maneira saudável e equilibrada.  

 
Resumindo… 

Segundo Mosley, o jejum intermitente oferece os mesmos benefícios que a restrição calórica, sem as limitações de uma dieta consistentemente baixa em calorias. Portanto, embora não exista uma maneira única de comer que funcione para todos, se você deseja controlar seu peso, a dieta 5:2 pode ser um bom começo. 

Para entender melhor os vários tipos de jejum, esses artigos podem te ajudar:

– Por que todo mundo fala de jejum intermitente 
– Coisas que você precisa saber antes de fazer jejum intermitente 
– Como fazer jejum intermitente com saúde
– O que comer antes, durante e depois do jejum intermitente 

Para quem já quer ir um pouco mais além nesse hábito: 

Como foi meu primeiro jejum intermitente de 24h

E para mulheres que querem entender um pouco mais sobre as interferências do Jejum no organismo, tem esse post bem legal aqui: Como o jejum intermitente interfere na menstruação.

E ah! Sempre consulte seu médico antes de mudar radicalmente sua dieta, nunca é demais reforçar isso, né?
 
*Texto traduzido e adaptado de Mind Body Green
 

Desinchá

Comente aqui

avatar